fbpx

8 Diferentes Estratégias para um Bom Marketing Médico

Marketing Médico

O marketing médico sempre foi um ótimo aliado para se destacar em um mercado cada vez mais concorrido, fidelizar e captar mais clientes, independente do seu porte ou segmento de atuação.

Em um segmento como a área de saúde, que a concorrência é grande, investir em marketing médico deixou de ser uma opção e passou a ser fundamental.

Afinal, um marketing de qualidade permite que você seja um destaque no mercado, capta mais clientes e fideliza os que já tem.

Sendo assim, o segredo do sucesso é apostar nas estratégias e ações corretas para atingir os objetivos que você tanto almeja.

Não sabe por onde começar ou quais estratégias recorrer? Fique tranquilo, iremos te ajudar com esse post cheio de dicas. Confira!

Qual a Importância de Investir em Marketing Médico?

A competitividade do mercado cresce de maneira assustadora em todos os setores. Na área da saúde não é diferente. 

Quem investe em estratégias de marketing realmente efetivas que entregam resultados reais, se destaca dos concorrentes e conquista uma posição de destaque com muito mais facilidade.

É por isso que o marketing médico pode fazer toda a diferença para o seu negócio, desde impactar mais pessoas em sua área de atuação até fidelizar pacientes com mais facilidade e rapidez.

Para isso, é importante atender às necessidades e desejos dos pacientes de forma estratégica, sempre priorizando a entrega de valor e, mais do que nunca, a humanização. 

8 Dicas para uma Boa Estratégia de Marketing Médico

Uma ótima estratégia sempre começa com um planejamento detalhado e focado em alcançar seus objetivos.

Por isso, é imprescindível definir o perfil das pessoas que você quer atender no consultório, já que todas as ações serão voltadas para esse público específico.

A partir dessa definição, você irá conseguir atraí-lo, conquistá-los e fidelizá-los como pacientes. 

Então, a primeira ferramenta para uma boa estratégia de marketing médico é:

1. Definir Público-Alvo

Conhecer o perfil do paciente que você tem ou gostaria de ter é o princípio básico do marketing médico.

Sendo assim, é a primeira coisa que precisa ser bem definida, caso contrário, todo seu planejamento não trará o resultado esperado.

Realizar uma análise aprofundada sobre o seu público-alvo para iniciar as estratégias de marketing médico é fundamental para compreender bem para quem é o serviço que está sendo ofertado.

Para isso é necessário:

  • Conversar com seus pacientes: descubra idade, situação econômica, profissão, estado civil, se tem filhos, o que busca ao estar ali e outras informações que possam interessar para construir o ‘paciente ideal’;
  • Levante hipóteses: pense sem muito filtro que tipo de paciente você ficaria feliz em atender;
  • Pesquise, pesquise, pesquise: veja como os pacientes com o perfil esperado estão interagindo nas redes sociais, por exemplo.

Fora isso, é necessário dar uma atenção especial também à sua identidade visual, ao marketing de relacionamento, a criação do seu site, links patrocinados, ao uso de CTA’s, entre outras ações.

Bastante coisa, não é mesmo?

Por esse motivo, alguns médicos ou clínicas preferem ter a assessoria de especialistas para marketing médico para auxiliar com alguns pontos acima.

Mas, mesmo que esse seja o seu plano, é importante compreender um pouco mais sobre cada uma dessas ferramentas. 

2. Criar uma Identidade Visual

A identidade visual é de extrema importância e uma das primeiras coisas a ser analisada durante a construção da estratégia de marketing médico.

Ela deve despertar em quem a vê a sensação correta e deve transmitir os diferenciais e valores que se quer ter reconhecidos.

Um ponto que não pode ser deixado de lado é que sua identidade visual precisa estar presente em tudo relacionado ao seu trabalho como: redes sociais, receituário, cartão de visitas e afins.

3. Criar um Site para marketing médico

Ter um site próprio é sempre o melhor e mais profissional caminho que você deve seguir, já que a internet é a maior vitrine de divulgação do mundo.

Ao criar um site profissional, garanta que ele seja dinâmico, sempre atualizado, ter uma ótima arquitetura e usabilidade, ser otimizado com os padrões exigidos pelo Google e oferecer conteúdo de qualidade para seu usuário.

Além disso, ter um site profissional oferece diversas vantagens para você e sua estratégia de marketing médico, como:

  • Conquistar novos clientes;
  • Aumentar sua credibilidade e autoridade;
  • Transmitir uma imagem mais profissional;
  • Aumentar sua visibilidade dentro do mercado.

Uma dica muito importante para a criação de um site profissional é contar com o apoio de uma agência especializada, como a DNA Marketing Médico, que conta com uma equipe qualificada para te ajudar em todo o processo de criação.

Marketing Médico

4. Marketing de Conteúdo

É com os sites, conteúdos informativos e nas redes sociais que você consegue comprovar para as pessoas o seu conhecimento como profissional.

Sendo assim, desenvolve uma confiança maior com o usuário a ponto dele decidir agendar uma consulta em seu consultório.

Os conteúdos não são apenas sobre a formação dos profissionais ou a infraestrutura que você oferece, por mais importante que essas informações sejam.

O melhor é que seja mais abrangente e ofereça orientações sobre como saber se está na hora de consultar-se com um especialista, abordar os principais problemas e informar sobre outras dúvidas que as pessoas normalmente possuem relacionadas ao assunto.

5. Marketing de Relacionamento

O bem mais valioso para qualquer médico ou clínica são os relacionamentos que desenvolve com os pacientes, colaboradores, profissionais encaminhadores e parceiros, fornecedores e distribuidores. 

O capital de relacionamento é a soma do conhecimento, experiência e confiança que há perante as pessoas. 

Sendo assim, esse capital vale mais do que os ativos físicos e determinam o real valor do serviço.

Principalmente na área da saúde, em que o contato humano é a base de todos os serviços prestados, o marketing de relacionamento torna-se ainda mais importante. 

Por isso, ações como pesquisa e monitoramento de satisfação dos pacientes, programas de fidelização, pesquisa de clima organizacional, treinamento de atendimento para colaboradores e estratégias de fidelização, são excelentes maneiras de atuar no marketing de relacionamento.

Então, planeje como comprometer toda a equipe nisso, já que não apenas a experiência que o usuário terá com você no consultório é capaz de determinar sua fidelidade, mas a soma de todos os momentos.

Marketing Médico

6. Marketing Digital

Hoje em dia, as pessoas usam muito a internet para se informar, para pesquisar sobre o profissional e para ganhar mais autoridade.

Por isso, uma boa estratégia de marketing médico é tão importante. 

Ela é capaz de gerar credibilidade e alcançar, de forma certeira, seu público-alvo. 

Diferente do marketing convencional, no qual o investimento na produção de campanhas não têm um retorno preciso, o digital permite acompanhar o desenvolvimento das estratégias de maneira concreta.

Isso porque a internet torna possível criar um relacionamento com quem realmente está interessado pelo seu serviço.

 Assim, consegue-se elaborar ações focadas nos resultados esperados e obter estatísticas detalhadas, em tempo real. 

Uma das vantagens desse dinamismo é poder alterar a estratégia conforme a necessidade.

O marketing médico poderá levar seu negócio para outro patamar, basta ter um ótimo conhecimento do seu público e um planejamento bem detalhado.

7. Link Patrocinado para marketing médico

Os links patrocinados são um termo genérico utilizado pelo marketing médico para publicidade digital. 

Sabe os primeiros resultados que aparecem na busca do Google, aqueles que contêm uma tarja verde e a palavra “Anúncio” na frente do domínio do site? 

Esse é um exemplo de uma das principais formas de anúncio online, chamado Google Adwords. 

São anúncios pagos por clínicas ou profissionais que querem aparecer entre as primeiras opções de pesquisa do buscador quando a pessoa digita a palavra relacionada ao seu serviço.

Os links patrocinados complementam as estratégias de marketing médico, principalmente quando os esforços estão concentrados na conquista de novos pacientes. 

São um recurso viável do Google e outras mídias, como o Facebook, Instagram e o Youtube, para fortalecer a presença digital, ainda mais nos tempos atuais.

A eficácia dos links patrocinados é proporcional ao investimento que se faz. 

Mas, como assim? 

Bom, o tempo em que os links permanecem visíveis varia de acordo com o valor que se decide investir neles. 

Essa conta é simples: quanto maior o investimento, mais tempo o anúncio permanece no ar e maiores são as probabilidades de se obter retorno com ele.

O anúncio no Google ou em outros meios digitais pode promover o agendamento de consultas, assim como todas as outras estratégias sobre as quais discorremos acima. 

Mas, tão ou mais importante do que conquistar novos pacientes, é mantê-los. 

Portanto, o médico que quer um paciente qualificado, fidelizado e não deseja ter muita rotatividade no consultório, tem de pensar, também, no marketing de relacionamento.

8. E-mail marketing

Antes de mais nada, é importante ressaltar que essa estratégia de marketing médico não significa enviar mensagens aleatórias para seus pacientes ou leads.

O e-mail marketing deve ser visto como uma forma de conversão e fidelização. 

Isto é, ele serve como continuidade ao trabalho de nutrição que você já vem fazendo em outros canais de comunicação.

Em outras palavras, quando você cria um material rico, por exemplo, em que o usuário deixa o e-mail para poder ter acesso ao conteúdo, sua base de leads vai sendo criada. 

E, assim, é preciso elaborar e-mails que sejam interessantes para essas pessoas. 

Para isso, é necessário que tenham alguns gatilhos mentais para que continuem abrindo os e-mails e até mesmo, interagirem com você, por exemplo:

  • Mensagem de visualização prévia, que mostre um pouco do conteúdo;
  • Corpo do e-mail com conteúdo relevante;
  • Assunto que aguce a curiosidade para abrir o e-mail;
  • Inclusão de “botões” que direcionam para ações;
  • Ações bem específicas, como agende sua consulta.

Vale lembrar que e-mails podem fazer parte de campanhas, ou seja, uma série de mensagens que serão disparadas ao longo de determinado tempo, alimentando quem está na sua base.

E, claro, sua base mailing pode ser diferenciado, como os leads que estão no topo, no meio ou no fundo do funil. 

Ter a distinção disso é fundamental para o tipo de ação que você pede ao leitor.

Mas Afinal, Por Onde Começar a Fazer o Marketing Médico?

Neste conteúdo vimos que a importância de realizar o marketing médico é que você terá mais presença digital, atrairá mais clientes e terá mais autoridade no segmento.

Mas por onde começar?

Primeiro, você precisa conhecer todos os apontamentos do Conselho Federal de Medicina (CFM) relacionados à divulgação do trabalho do médico. 

Para garantir a credibilidade dos profissionais da saúde e a segurança dos pacientes. É importante conhecer as regras determinadas e segui-las. Faz parte da construção de um trabalho sério e incontestável.

Em segundo lugar, é necessário compreender que há diferenças entre o marketing médico e o marketing convencional. 

A principal delas é que o marketing médico não vê as pessoas como clientes, como acontece no marketing convencional. 

O marketing médico vê as pessoas como elas são: pacientes que têm questões a resolver e precisam solucioná-las, preferencialmente com uma assistência de qualidade e humanismo.

E por último, mas mas muito importante ponto, é a contratação de uma agência idônea para realizar com você as estratégias de marketing médico necessários.

Empresas como a DNA Marketing Médico, oferecem diversos serviços como criação de um site profissional, links patrocinados e técnicas de SEO que com certeza levarão seu negócio para outro patamar.

FICOU ALGUMA DÚVIDA SOBRE PROSPECÇÃO DE PACIENTES? AGENDE UM BATE-PAPO SEM COMPROMISSO.

Interessado(a) em

Agendar Mais Consultas?

Preencha o formulário​ abaixo e Agende uma Demonstração e saiba como podemos te ajudar a trazer mais pacientes consistentemente

× Chat WhatsApp