fbpx

Identidade visual para médicos, por onde começar?

Identidade visual: Como começar?

Que estratégia você usaria para se destacar em um ambiente tão competitivo como o da saúde? Como ser uma referência em sua área? Como ganhar notoriedade?

Para essas perguntas, e muitas outras, a resposta está em investir em uma boa estratégia de comunicação, ou seja, em uma boa identidade visual, a qual vai garantir o destaque, notoriedade e fazer com que sua clínica, ou consultório, se destaque da concorrência.

Mas, será que você sabe o que é Identidade Visual, sua importância e o que deve fazer para adotá-la como estratégia?

Pensando nisso, resolvemos mostrar aqui um pouco de sua importância e como começar a adotar essa estratégia AGORA e conseguir se diferenciar nesse setor tão competitivo.

O que é identidade visual?

Identidade visual 1

Basicamente, identidade visual nada mais é do que um conjunto de elementos visuais que, combinados, vão refletir sua marca, nome, clínica, especialidade…

Os elementos que ajudam a compor uma identidade visual são: cores; formatos; tipografia; imagens e frases.

Ou seja, os elementos, juntos, devem conseguir expressar um conceito, especialidade ou valores.

Médicos precisam de identidade visual?

Identidade visual 2

Na verdade, se antes uma imagem valia mais que mil palavras, atualmente, o poder da imagem é muito maior.

Assim sendo, a identidade visual é importante em todos os setores, e com o da saúde isso não é diferente.

Ou seja, a resposta é SIM! Porém, é preciso entender que a identidade visual vai muito além do cartão de visitas, pois ela var representar visualmente seu consultório, ou clínica, vai definir como seus clientes vão lhe identificar.

Portanto, não resta dúvida de que deve, SIM, colocar o desenvolvimento da identidade visual como parte de sua estratégia de marketing.

A identidade visual não só vai ajudar a valorizar o seu atendimento, como aumentar sua credibilidade e autoridade em seu setor, sem falar que, um bom trabalho, vai tornar sua marca facilmente “reconhecível”.

É preciso entender que os tempos são outros, enquanto há décadas atrás o boca a boca era a melhor forma de ganhar reconhecimento, hoje quem não tem uma identidade visual, uma presença digital, com certeza, não consegue se destacar num mercado tão competitivo como o da saúde.

O fato é que, independentemente do tamanho e do tipo de sua clínica ou consultório, é preciso se preocupar com a sua imagem perante o público, sendo fundamental que a identidade visual transpareça cuidado, profissionalismo e segurança.

O processo da Identidade Visual para médicos

Identidade visual 3

Geralmente, se entende a logomarca como identidade visual, porém, embora ela seja um elemento importante, uma identidade visual vai muito além disso.

Construir a identidade visual para sua clínica médica passa por um processo que vai além de usar suas cores prediletas na logomarca, paredes, uniformes, enfim, envolve muita pesquisa e desenvolvimento.

É preciso que sua clínica, ou consultório, envie a mensagem correta a seus pacientes, desde profissionalismo, cuidado, segurança, limpeza, autoridade e etc.

Como já foi dito, a Identidade Visual não se resume à logomarca, ela vai mais além, e deve representar visualmente sua clínica ou consultório, seja no mundo físico como no digital, utilizando um mesmo padrão.

Como é o processo de criação da Identidade visual para médicos?

A identidade visual para médicos funciona como em qualquer setor, ou seja, ela é um processo que envolve vários elementos e é bem abrangente, resumindo, a grosso modo, podemos dividir e três fases básicas esse processo:

1.Descobrir qual sua clientela (público-alvo)

Não tem como definir uma identidade se ela não for compatível com sua clientela. Por exemplo, usar uma logomarca toda colorida, com fonte manuscrita, se sua clientela for adulta, na faixa dos 30/40 anos, esse tipo de logomarca seria mais condizente para um consultório pediátrico, por exemplo.

Então, é preciso saber se sua clientela é formada apenas por crianças, homens, mulheres ou idosos. Se ela é generalizada, como no caso de oftalmologista…

Você trabalha com alguma especialidade? Pois será importante deixar isso sugestivo em sua identidade visual.

Tem alguma faixa etária ou classe social que deseja atingir mais?

Ou seja, uma identidade perfeita precisa considerar esses fatores para que seus objetivos sejam alcançados, vale fazer uma pesquisa mais aprofundada sobre sua clientela, seu público-alvo, para saber o perfil de seus pacientes, descobrir quem são seus pacientes para, só então, definir sua identidade visual.

2.Elaborar o Briefing

Identidade visual 4

Briefing nada mais é que a coleta dos dados para chegar à identidade visual de sua clínica, consultório… são as informações que deseja passar através de sua logomarca, fonte, paleta de cores.

Enfim, essa palavrinha difícil – briefing- é um passo fundamental dentro do processo da elaboração da identidade visual de sua clínica ou consultório.

Ela vai resumir todas as informações do seu negócio para, então, poder dar início ao processo criativo.

Primeiramente, é preciso definir uma identidade gráfica, a qual deve ser criada levando em conta os fatores levantados na pesquisa sobre seu público-alvo, para que o mesmo consiga chegar até ele de forma assertiva, clara e marcante.

Ainda nessa fase, deve ser definida a paleta de cores a ser usada em toda a sua comunicação visual.

É preciso entender que as cores possuem uma grande importância na identidade visual, tudo deverá obedecer a um mesmo padrão, e deve ser pensado de forma a não brigar com os diferentes itens de sua clínica. Por exemplo, considerar a cor do uniforme, das paredes, do mobiliário.

Considere que cada cor pode ter a capacidade de despertar diferentes emoções, ou sentimentos, não é para menos que clínicas e hospitais costumam investir no branco, verde, azul, que são cores relaxantes e que transmitem paz e aconchego.

Por isso, nessa fase do processo, vale pesquisar muito sobre cada cor e considerar sua especialidade, por exemplo, quando ela é voltada á infância, cores alegres costumam ser as mais usadas.

Por outro lado, quando o consultório é voltado para adultos, a preferência costuma ser cores mais sóbrias, com tons claros e calmos.

Ou seja, até a paleta de cores deve levar o seu público-alvo em consideração.

No mais, vale sempre considerar uma paleta de cor que transmita calma, segurança e limpeza.

Resumindo, a definição das cores faz parte de um fundamental processo dentro de qualquer briefing, principalmente, por que ela vai estar presente em toda a programação visual de sua clínica ou consultório, redes sociais, site…

E a elaboração do briefing não para por aí, essa etapa é a mais trabalhosa, pois depende dela para se ter uma identidade visual de sucesso.

É preciso entender que cada médico tem suas particularidades, seja o público-alvo, seja a especialidade, e a identidade gráfica deve conseguir comunicar isso, para tal, precisa considerar alguns fatores, tais como:

  • A junção de formas, fontes, cores e símbolos deve ser clara, harmoniosa e versátil.
  • Lembre-se que sua marca deverá ser aplicada em vários lugares (uniformes, receitas, placa, artigos de papelaria, cartão de visita), quanto mais direta e minimalista, mais fácil será trabalhar com ela. Sua marca precisa funcionar bem e ser legível em todos eles.
  • Aproveite esse processo para também pensar em sua identidade digital (site, redes sociais e blog), fundamental também.

Enfim, considere que uma mesma marca estampará sua placa, os uniformes da clínica, as receitas médicas, cartões de visita, redes sociais, o site, tudo deve ter um mesmo padrão, isso é a identidade visual, tudo deve estar padronizado.

3.Aplicar sua identidade visual

Pronto, feito o briefing, é hora de aplicar a identidade visual construída em cada item de seu consultório, ou clínica, no uniforme da sua equipe, aos objetos que compõem sua clínica médica.

Acredite, a identidade visual de um consultório, ou clínica médica, é fundamental na hora de transmitir sua imagem, fortalecer sua marca.

Comprovadamente, as pessoas tendem a confiar mais em um profissional quando o mesmo demonstra cuidado com os mínimos detalhes, e a decoração faz parte disso.

Tudo deve começar pela recepção, que é o primeiro contato de seu paciente com sua clínica, ou consultório, por isso, ela precisa ser caprichosa e atraente.

Após planejar a identidade visual da recepção, e consultório, e os materiais gráficos serem impressos e aplicados, é hora de pensar na divulgação.

Busque estratégias que consigam chegar ao seu público-alvo, as redes sociais são ótimas ferramentas para isso.

E mais, como você já sabe quem é seu público-alvo, sua clientela, isso vai facilitar na hora de saber a rede social que ela utiliza, a forma de se comunicar, o horário que costuma estar online, enfim, métricas a considerar para um marketing mais assertivo.

Lembrando que o marketing jamais deve ser subestimado, pois ele definirá a melhor forma de se comunicar com os pacientes.

Vale investir em profissionais experientes na hora de criar a identidade visual para médicos, hoje existindo muitas opções no mercado, com pacotes que cabem em diferentes bolsos.

Pronto, agora que já conhece todas as fases e como cada uma é importante, deve estar louco para colocar tudo em prática, mas não sabe por onde começar, não é mesmo? Pensando nisso, resolvemos mostrar aqui um passo a passo de como implementar a identidade visual em sua clínica, ou consultório.

 

Como começar a implementar a Identidade visual para médicos

Identidade visual 5

Já vimos que uma identidade visual para médicos é um assunto que deve ser levado a sério, já que é primeira percepção de seu paciente sobre você ou sua clínica, agora, papel e caneta nas mãos, confira como começar a colocá-la em prática:

1.Comece pelo planejamento

Esse é o primeiro passo na hora de desenvolver a identidade visual de sua clínica ou consultório, o planejamento.

Comece determinando qual o seu público. A quem vai atender? Pessoas de apenas um sexo? Qual a faixa etária preferencial?

Vale considerar que, embora um consultório de Pediatria, por exemplo, atenda crianças, a identidade visual deve focar, também, nos pais, enquanto uma clínica de Ginecologia o foco deve ser exclusivo nas mulheres.

Lembrando que é fundamental considerar a sua especialidade médica antes de definir a identidade visual.

2.Hora de criar a Identidade visual

Estamos revelando o passo a passo mas, certamente, a identidade visual para médicos é algo muito sério, portanto, deve ficar nas mãos de profissionais experientes, os quais, nessa etapa, colocarão em prática o briefing, ou seja, tudo aquilo que foi pesquisado e planejado para, então, poder definir:

Símbolos: Um símbolo tem a capacidade de despertar muitos sentimentos, sendo preciso tomar muito cuidado com a escolha do mesmo. Lembrando que ele deve estar em harmonia com a tipografia e a cor utilizada na logomarca.

Cores: é preciso haver um estudo, considerando o significado, efeito, mensagens, sentimentos, transmitidos através das cores, para que o profissional defina a que melhor se comunica com seus pacientes. Vale a dica: tons neutros passam a sensação de tranquilidade, aconchego e seriedade.

Tipografia:  o tipo de letra e fonte utilizada também é importante. Ela deve estar em harmonia com os desenhos e as cores escolhidas. Você pode optar por tipografia em itálico, bold, com serigrafia, e fontes que remetam “a escrita a mão, ou escrita de imprensa, passando mais objetividade e clareza.

A tipografia é muito importante, muitas vezes, inclusive, possui tanta personalidade que nem requer a presença de algum outro elemento gráfico, como é o caso de letras estilizadas.

Enfim, há muitas possibilidades na hora de criar logomarcas para médicos e vale a pena se dedicar a esse item fundamental dentro de uma identidade visual.

3. Comece a padronizar tudo

O terceiro passo é o de começar a dar sua cara em tudo que envolve sua clínica, ou consultório, que vai muito além de, simplesmente, colar sua logo na pede ou portas.

É importante que todos os conceitos desenvolvidos sejam aplicados, para poder criar uma eficiente identidade visual para médicos, sendo preciso pensar na harmonia, padronizando todos os espaços do sua clínica, ou consultório.

Ou seja, isso significa que precisa padronizar tudo, desde o mobiliário à cor das paredes, xícaras do cafezinho… quanto mais padronizado, mais sua marca ficará fortalecida entre seus pacientes.

E não se esqueça de levar esse mesmo padrão para o ambiente digital, é preciso que o paciente, ao acessar seu site ou redes sociais, sinta como se estivesse em sua clínica, ou consultório, consiga identificar sua marca facilmente.

4.Invista em marketing

Acredite, hoje quem não tem presença digital não existe. Quem não está presente na internet perde credibilidade, autoridade e, claro, clientela.

Mas, para isso, é preciso investir em qualidade, colocar sua clínica, ou consultório, nas mãos de quem sabe, e hoje existem profissionais capacitados e que cabem em qualquer orçamento.

Um bom trabalho de marketing vai garantir reconhecimento, um maior alcance, poder competir de igual com qualquer outra clínica, ou profissional, ou seja, garantir mais pacientes.

No mais, divulgar é fundamental para qualquer negócio, se antes o boca a boca era suficiente, hoje quem não está presente na internet não é visto, nem lembrado, e nesse sentido, vale apostar em sites, redes sociais e, até mesmo, no whatsapp.

Mas, por outro lado, principalmente, no caso de trabalhar com uma clientela mais velha, vale fazer uso da mídia mais tradicional, como jornal de bairro, rádio e televisão, por exemplo.

5. Procure um profissional

Por fim, o último passo é procurar a ajuda de um profissional experiente, pois, como podemos ver, não é nada simples elaborar, colocar em prática e depois trabalhar uma identidade visual para médicos.

É preciso entender que hoje é possível contratar profissionais por valores que cabem em seu orçamento, há muita oferta no mercado.

Mas, claro, a dica é apostar em quem já tem nome no mercado, como é o caso da plataforma DNA Marketing Médico, que vai poder suprir suas necessidades e ainda com o melhor custo benefício do mercado.

20 ideias de logomarca para médicos

logomarca para médicos

Uma imagem vale mais que mil palavras… quem já não ouviu essa frase? Exagero ou não, o fato é que uma imagem pode dizer muito sobre uma empresa, ou um profissional, por isso mesmo, uma logomarca é tão importante. Ela tem o poder de ajudar a construir uma ideia sobre algo, ou relacionar uma marca a um serviço, ou empresa.

Lembrando que Logomarca é a representação gráfica de um serviço, podendo ser composta por letras ou um símbolo visual.

Enfim, a logomarca ajuda a construir visualmente uma empresa, produto, serviço, pode ajudar a atrair e até afastar um consumidor, ou cliente. Por isso, é tão importante deixar sua criação para as mãos de um profissional, que vai saber que elementos usar para que o produto, serviço ou empresa, cheguem ao seu objetivo: identificação e atração.

Não subestime o poder de uma logomarca quando o assunto for relacionamento entre médico e paciente.

logomarca ajuda a criar uma identidade, e acredite, a quanto mais simples e direta ela for, mais autoridade e confiança passará para o cliente.

No caso de médicos, vale a mesma máxima, aliás, é fundamental que esses valores sejam transmitidos pela sua logomarca.

Assim, se engana quem subestima a programação visual de um negócio, a qual deve refletir do cartão de visita, site, redes sociais, e em qualquer material gráfico, pois é uma ferramenta muito importante na hora de transmitir aos pacientes valores como cuidado e segurança.

Porém, mais uma vez, vale reforçar a importância de deixar essa parte nas mãos de profissionais experientes, que oferecem diferentes soluções, com qualidade e preços que cabem em qualquer orçamento.

Na verdade, um bom profissional pode desenvolver não apenas um logo personalizado, para seu consultório ou clínica, mas toda a programação visual, desde o cartão de visita, até o receituário, enfim, todo o material gráfico utilizado, passando profissionalismo e autoridade.

Se preparando para competir com a concorrência

Infelizmente, nesse mercado, cada vez mais competitivo, não basta uma boa formação, ser um bom profissional e esperar, de braços cruzados, o boca a boca divulgar sua competência.

É preciso se preparar para enfrentar uma concorrência forte. E todo mundo sabe o quanto é árduo o caminho de um médico até conseguir alcançar credibilidade junto aos pacientes e suas famílias.

E, nesse sentido, a imagem pode ajudar, e muito. E é aí que entra a programação visual e, principalmente, a logomarca para médicos, para ajudar a firmar uma identidade.

Levar pacientes a conhecer e confiar em seu produto ou serviço, significa autoridade, ou seja, convencê-las de que é um especialista na sua área, e é isso que faz uma boa logomarca, ajuda a criar uma identidade corporativa eficaz.

E o poder da programação visual não deve ser subestimado, tanto que grandes hospitais, clínicas, consultórios, e profissionais da área médica acabam investindo em logomarca, pois sabem o que uma boa programação visual pode significar estar à frente da acirrada concorrência.

E assim,  com toda essa concorrência, os médicos estão vendo a necessidade de chamar a atenção, de atrair novos clientes. E uma boa logomarca pode ajudar muito nisso, fazendo com que o profissional, ou serviço, seja facilmente reconhecível e popular, transmitindo confiança e solidez.

Os elementos mais usados

logomarca cruz

Por mais que seja sempre bom ousar, ou oferecer algo diferente, alguns elementos acabam sendo tradicionais, os mais usados nas logomarcas do setor médico, e isso não tem nada a ver com falta de criatividade, mas por serem imagens de fácil associação com a medicina.

Para deixar bem claro, responda a essa pergunta: ”Que imagens vêm à sua mente quando você pensa em medicina e saúde?” É quase certo que a resposta tenha sido uma cruz, no cálice de Hígia com uma cobra, uma linha de batimento cardíaco, acessórios como seringa ou termômetro, não é mesmo? Então, cabe ao responsável pela logomarca encontrar elementos que facilitem essa associação, a não ser que o cliente já tenha algo específico em mente.

Não tem como falar em elementos da medicina sem falar na tradicional cruz vermelha, a qual foi estabelecida como um símbolo internacional de ajuda médica no campo de batalha pelas Convenções de Genebra no século XIX (originalmente inspirado na bandeira suíça, simplesmente invertendo as cores).  Desde então, a cruz vem sendo utilizada por hospitais e instalações médicas em todo o mundo.

Sem dúvida, isso torna a cruz um excelente ponto de partida para uma logomarca médica, já que ela é reconhecida de maneira instantânea e universal, por isso, usada em ambulâncias no mundo inteiro.

Mas…não é porque a cruz é um símbolo clássico que deva ser usada em sua logo marca, vale se apropriar de tantos outros elementos da medicina, ou mesmo, ir mais além (como veremos em alguns exemplos abaixo).

É fundamental não errar na hora de criar sua Logomarca, por isso, o ideal é deixar essa parte nas mãos de quem entende do assunto, como é o caso da plataforma Marketing Digital para Médicos, especialista em programação visual para médicos, onde saberá encontrar os elementos certos para sua logomarca, que sejam simples, compreensíveis e facilmente associáveis, para o paciente.

No mais, discrição é a palavra chave, esqueça enfeites e muitos elementos, lembre-se que não se trata de uma empresa de eventos, é preciso que a associação seja imediata ao ramo correspondente. Como diria Steve Jobs (fundados da Apple) “menos é mais”. Assim, por ser uma atividade onde a ética, confiança e autoridade são os principais pilares, é preciso que a logomarca ou logotipo sejam discretos, de leitura imediata.

Os símbolos mais usados são:

  • Bastão de Asclépio (ou Esculápio): formado por uma cobra enrolada em um bastão.
  • Caduceu: Um outro bastão, este enlaçado por duas cobras, foi usado por alguns para simbolizar a medicina, apesar de estar mais ligado à alquimia e à farmácia, assim como ao deus Hermes.
  • Cruz vermelha: um símbolo de fácil associação, de reconhecimento mundial, por isso, ambulâncias do mundo inteiro utilizam essa cruz.

A escolha das cores

Geralmente, algumas profissões, ou setores, já têm algumas cores estabelecidas, associadas ao ramo exercido, valores ou objetivos pretendidos. Assim, geralmente, no setor de saúde, as cores mais usadas são verde, vermelho, branco, azul.

Por isso, é muito comum encontrarmos logomarcas nessas cores. Vale ter em mente que, nem sempre, ousar é a melhor solução, como no caso das cores, e isso porque, se o que se pretende é uma rápida associação, as cores precisam têm esse objetivo.

Para facilitar a compreensão, pensemos no seguinte, no caso das cores usadas nas logomarcas médicas, o verde remete à calma, natureza, frescor; o vermelho ao sangue, vida; o branco à pureza, paz, higiene; o azul à serenidade, precisão.

Mas, claro, isso não significa que em uma logomarca precise ter todas essas cores, muitas vezes, uma ou duas já bastam para a associação.

Enfim, a discrição também vale para a escolha das cores, as sóbrias são as mais indicadas e usadas em logos para médicos, como o azul, o verde e o bordô.

Confira algumas sensações provocadas por algumas cores:

  • Azul: fé, espiritualidade,confiança, estabilidade, paz, equilíbrio…
  • Branco: pureza, inocência, respeito, proteção, higiene…
  • Preto: exclusividade, sofisticação, formalidade,..
  • Verde: natureza, esperança, saúde, sorte, tranquilidade, cura, calma, perseverança, tenacidade…
  • Vermelho: vida, emoção, urgência, excitação, energia, velocidade, força, poder, calor, amor…

A escolha das fontes

Outro elemento a levar em conta na hora da criação da logomarca é a fonte, que quanto mais limpa e clara for, facilitando a visualização, melhor será o resultado.

Uma outra dica é procurar escolher, ao máximo, duas variações, uma para seu nome/consultório (sua marca) e outra para seu slogan.

Existem diversas famílias tipográficas (estilos de letras), mas as mais usadas são as seguintes:

  • Com serifas: aquelas com pequenos traços e prolongamentos no fim das hastes das
  • Itálico: letras inclinadas.
  • Light: aquelas mais finas.
  • Bold: aquelas mais grossas, robustas, geralmente, usadas em títulos.
  • Manuscritas: escritas a mão, ou imitando essa forma de escrita personalizada.

Certamente, esses são só alguns fundamentos básicos de elementos, cores e tipografia, que servem para mostrar como escolher uma logomarca não é tão simples como pode parecer, e que o mais acertado é investir em profissionais experientes nesse assunto.

Materiais gráficos para médico

materiais gráficos para médicos

Certamente, a logomarca, de sua clínica ou serviço, deverá estar em todo o material gráfico utilizado, no site, redes sociais, cartão de visitas, receituário, papel timbrado, envelopes ou lembretes de consulta, que devem seguir uma mesma linha, ajudando, assim, a criar uma identidade visual.

Ou seja, é fundamental acertar na escolha do profissional que vai desenvolver sua logomarca, sua identidade visual, justamente, para que obedeça a um mesmo padrão, mesma fonte, cores, estilo.

Na hora de escolher algum símbolo, ícone, vale apostar nos símbolos médicos tradicionais, como cruz, coração, batimento cardíaco, seringa, estetoscópio, dentes (clínicas dentárias), olhos (clínicas de oftalmologia), figuras humanas (para clínicas de mulheres, familiares, consultórios de pediatria e outros).

Logomarcas para você se inspirar

Mesmo que você deixe essa parte com quem entenda, ou seja, nas mãos de profissionais especializados, provavelmente, perguntarão se tem algum estilo em mente, ou cores que gostaria de usar, fonte preferida. Pois bem, para que não comece totalmente no escuro, resolvemos mostrar aqui algumas inspirações bem legais. Confira!

logomarca 1

O modelo do logotipo começa com um esquema de cores verde, bege e azul, que perfeito para transmitir calma e construir confiança, reforçado pela escolha da tipografia, bold, com ícones que simbolizam vida e liberdade.

logomarca 2

Nessa logomarca ganha destaque o minimalismo, com o uso de elementos gráficos simples e de fácil assimilação, inclusive, com a cor da fonte dando destaque para o mais importante.

logomarca 3

Cores corretas, elementos gráficos de fácil identificação, tipografia em bold transmitindo força e segurança.

logomarca 4

Essa logomarca é bem sugestiva, usa elementos certeiros, como cores fortes e tipografia no estilo Bold, para transmitir força e segurança.

logomarcar 6

Essa logomarca é altamente sugestiva, de fácil compreensão e associação.

logomarca 7

Nessa logomarca, a cor azul dá o tom da tranquilidade, com elementos que simbolizam um bebê ainda não nascido no útero da mãe.

logomarca 8

Logomarca, incrível, minimalista, que por meio de poucos elementos consegue transmitir força e pulsação.

logomarca 9

Exemplo de logomarca onde o destaque vai para a escolha da tipografia, fonte utilizada.

logomarca 10

Nessa incrível logomarca, a cruz é composta por pílulas, combinando dois elementos de forma clara.

logomarca 11

A logomarca apresenta uma pessoa saltando, mostrando os resultados da fisioterapia, utilizando a tipografia, em estilo bold para reforçar a especialidade, que é a fisioterapia.

logomarca 12

Essa logomarca deixa muito óbvio o tipo de prática exercida. O estilo lúdico deste logotipo é perfeito para um público alvo mais jovem.

logomarca 13

Essa logomarca utiliza um esquema de cores em vermelho e azul, que é perfeito para construir confiança e usa ícones que simbolizam cuidado e vida.

Exemplo de logomarca direta e de fácil compreensão, o uso das cores foi bem assertivo, com o vermelho destacando a ferramenta no formato do coração.

No caso dessa logomarca, ganha destaque o uso de cores alegres e a simbologia do coração e tamanhos diferentes dos elementos para apontar que é um centro pediátrico.

Logomarca de fácil compreensão e altamente sugestiva, com o uso correto da cor e elementos minimalistas.

Aqui a logomarca de um cardiologista, a qual, sua especialidade é de fácil identificação.

Essa logomarca possui um estilo lúdico, que geralmente é o caminho certo quando se trata de crianças. Por isso, o uso das cores é assertivo, assim como, a escolha da fonte, menos formal.

Essa logomarca é perfeita, da escolha das cores à fontes, passando pela escolha do ícone, um símbolo da saúde estilizado, arrematado pela cor em tons suaves.

Fugindo totalmente do estilo tradicional, mostrando que dá para ousar, sim, o Hospital Braga optou por uma logomarca bem criativa, inspirada na arte, arquitetura e cultura locais, combinando isso tudo com símbolos humanista e da saúde.

Essa logomarca se concentra na simplicidade, e se diferencia pelo uso de cores primárias bacanas e um formato em “S” exclusivo. Esse projeto foi feito para trabalhar com as ideias tradicionais do que a saúde deveria ser: reconfortante, simples e com foco na Saúde.

 

Manual de Identidade Visual para Médicos

manual de identidade visual

Ninguém duvida que estamos na era da imagem, onde ela pode, e deve, representar os valores e propósitos de uma marca, ou serviço, e isso vale para médicos também. Por isso, a Identidade Visual é tão valorizada hoje em dia, pois ela é a comunicação por meio de imagens.

Através de elementos visíveis de sua marca, você forma a percepção e cria uma impressão sobre a mesma.

As imagens conseguem ser mais persuasivas e de fácil compreensão, por isso, comunicam em um nível emocional primário e, portanto, pelo seu grande poder de comunicação, assumem uma grande responsabilidade: passar a mensagem correta.

Assim, a identidade visual para médicos acaba sendo de enorme importância para qualquer estratégia de comunicação e marketing, seja de um consultório ou clínica.

Então, justamente, para garantir que seus recursos visuais estejam se comunicando da forma correta, resolvemos apresentar aqui um manual, ou guia, sobre identidade visual, para que você que é médico entenda a importância de transmitir através de imagens, seus valores e ideais.

 O que é identidade visual?

identidade visual

A identidade visual, como o próprio nome sugere, é através de elementos gráficos e visuais conseguir passar os valores, ideais, respeito, segurança e autoridade de uma marca ou serviço.

Representada pelo conjunto de elementos, cores, tipografia, a identidade visual tem como objetivo transmitir o conceito da marca com foco no serviço prestado e no paciente.

A identidade visual para médicos é de extrema importância na hora de passar valores como segurança, cuidado, autoridade, ajudando a ser mais facilmente identificado, além de gerar aproximação com o paciente.

E mais, uma boa identidade visual, em todos os âmbitos, e no da medicina também, tem o poder de trazer reconhecimento, profissionalismo e maior credibilidade.

A identidade visual é composta por vários elementos gráficos, desde a logomarca, paleta de cores, que devem se estender ao site, redes sociais, uniforme dos funcionários, consultório ou clínica, itens gráficos, como cartões de visitas, prontuários, materiais de divulgação (flyers, cartazes e outdoors), por exemplo etc…

Qual a importância da Identidade visual?

importancia identidade visual

É impossível falar em Identidade Visual assertiva sem mencionar o McDonalds, mesmo pertencendo a um outro setor, ele virou referência em Logomarca e Identidade visual de sucesso.

Imagina você chegar à uma lanchonete do McDonalds e encontrar os funcionários vestindo azul, ou verde, ou rosa… com certeza, você vai achar que entrou em uma loja errada, certo? Pois bem, e isso porque até seu inconsciente já associa McDonalds às cores, vermelho, amarelo e branco.

Na verdade, isso é o resultado de uma excelente identidade visual, que é capaz de promover reconhecimento imediato, mesmo à distância.

Outro bom exemplo de uma identidade visual de sucesso é a da MasterCard que, inclusive, após décadas adotando o nome da marca junto à logo, apostou na força da mesma e passou a adotar apenas os seus dois círculos, facilmente identificados.

Na verdade, essa corajosa estratégia de retirar o nome da logomarca foi adotada pelo fato de apostarem da força da identidade visual capaz de gerar uma porcentagem muita alta de reconhecimento dos clientes.

E esses exemplos, embora pertençam a setores diferentes, servem também para explicar a importância da identidade visual para médicos, a qual deve ser trabalhada por muitos motivos, mas sem dúvida, o principal é poder definir, visualmente e de forma bem prática e direta o perfil da clínica, ou especialidade médica.

Com certeza, por mais delicioso que um lanche do McDonalds possa ser, ele não teria um diferencial tão esmagador de outros fast food se não tivesse uma logomarca tão bem trabalhada, em qualquer lugar do mundo, podemos encontrar lojas diferentes, porém, com a mesma identidade, ou seja, fáceis de identificar por todo um padrão estabelecido, que vai desde a logomarca, até as cores usadas, os uniformes.

E isso serve para uma clínica ou consultório, que devem seguir todo um padrão estético e visual, desde a logomarca, cores, tipografia…

Um bom exemplo na área da saúde, de logomarca que ajudou a criar uma identidade visual imediata é a Unimed, que tanto o ícone, elemento gráfico, ou a tipografia, podem ser usados juntos ou separados, que são facilmente associados à marca.

É importante entender que a identidade visual leva ao reconhecimento e valor de uma marca ou serviço, trazendo a sensação de familiaridade, de proximidade.

De uma forma generalizada, a identidade visual é responsável por promover um forte sentimento de identificação, confiança, pertencimento e engajamento em relação às marcas ou serviços.

O que é Branding e qual sua importância

branding

Quando se trata de Identidade Visual, é impossível pensar em sucesso sem que o mesmo passe pelo Branding. Mas, afinal, o que é Branding, para que ele serve?

Então, Branding nada mais é que um conjunto de estratégias de gestão da marca, cujo objetivo é torná-la reconhecida e presente no mercado, ou seja, o branding vai além da identidade visual, já que sua intenção é construir uma imagem junto ao público.

Nesse sentido, o Branding considera valores importantes e que a empresa busca associar à sua marca, usando elementos como logomarca, cores, forma de se comunicar, a linguagem, slogans…

Através de um bom trabalho de Branding, é possível criar uma identidade, trabalhada em seus conteúdos visuais.

E mais, nunca foi tão importante saber gerir sua marca, principalmente, nesse atual cenário, de alta competitividade entre as empresas ou profissionais.

É através dessa estratégia que se torna possível criar uma conexão emocional com seus pacientes e demonstrar seu diferencial.

Ao trabalhar a identidade visual de forma estratégica, fica muito mais fácil se inserir e se estabelecer espontaneamente no mercado, gerando e fidelizando pacientes.

Para isso, vale investir em ações, seja organizando, patrocinando ou participando de eventos, ou abraçando alguma causa.

O importante, no entanto, é ser coerente.

Por que investir na identidade visual para seu perfil profissional ou clínica médica?

Um erro muito comum é achar que só empresas precisam investir em uma identidade visual, na verdade, como foi dito, estamos na era da imagem, onde ela fala mais alto que mil palavras.

Hoje todos possuem um celular, com câmera, sempre à mão. As redes sociais estão lotadas de pessoas vendendo sua imagem, revelando suas personalidades e talentos através de cliques.

E é importante ter em mente que a identidade visual está diretamente ligada a valores, objetivos e missão, é ela que chega primeiro ao paciente, por isso, é fundamental saber o que quer transmitir ao seu paciente e a forma correta de fazer isso.

Responda francamente: “Você sentiria mais segurança em se tratar numa clínica onde tudo é padronizado, demonstrando carinho e cuidado, ou numa clínica improvisada, sem nome, obedecendo padrão nenhum?”  

Nem precisa responder, afinal, gostamos de perceber profissionalismo e investimento, seja na área que for.

E a criação da identidade visual vai mais além de uma simples preocupação estética, ela é realizada com o objetivo de padronizar e elaborar o perfil gráfico de uma empresa, seja ela da área da saúde, ou não, demonstrando cuidado, seriedade e profissionalismo.

Por isso, a identidade visual deve, SIM, ser tratada com muita seriedade, levando em conta o público alvo, chegando na tipografia, símbolos, cores e mensagens ideais a passar para os pacientes.

Uma identidade visual bem construída pode atrair mais pacientes?

A resposta nem poderia ser outra: SIM. A identidade visual facilita o reconhecimento, além de transmitir uma série de valores e sensações aos pacientes, desde organização, seriedade, cuidado, autoridade, profissionalismo, entre outros.

Com certeza, o simples fato de ter todos os seus materiais padronizados garante credibilidade e confiança, além de gerar coerência entre a clínica e os pacientes.

Acredite, a sua marca, símbolos e elementos ficam na mente do paciente ajudando a passar familiaridade e reconhecimento.

Certamente, quando falamos em identidade visual, estamos falando em todo o trabalho de padronização, que vai desde a logomarca para médicos, sem si, até a paleta de cores, que deve se estender ao consultório, uniforme, decoração e matéria gráfico, em geral.

Enfim, pesquisas comprovam que construir, de forma assertiva, a identidade visual de uma clínica ou médico vai, sim, atrair mais pacientes, e isso pelo fato dela acabar sendo um ponto de conexão entre marca e público.

Quais os elementos da identidade visual?

Como já vimos, a identidade visual é toda a linguagem visual de uma marca, dessa forma, seus elementos, assim como as palavras, servem para transmitir significados, que juntos, buscam traduzir valores e ideias. Vamos conferir alguns dos principais elementos usados para ajudar na identidade visual:

Gráficos

Basicamente, é uma comunicação visual, que pode ser em forma de imagem texto ou desenho.

Tipografia

São as letras usadas na programação visual, que podem vir em diferentes fontes, formas ou estilos. Por exemplo, é possível usar em uma logomarca uma fonte X em estilo Bold, Itálico, com serifa, sem serifa…

Ao contrário do que muitos imaginam, existe muito estudo por trás da escolha da tipografia dentro da Programação visual.

Acredite, uma fonte pode dar o tom correto, ou não, à mensagem que quer transmitir.

Paleta de cores

Um elemento muito importante dentro da programação visual, mas, infelizmente, ainda muito subestimado. Por isso, a importância de entregar a programação visual nas mãos de profissionais experientes, que saberão escolher a cor exata, o tom e matizes. A cor jamais deve ser escolhida pela preferência, mas pelo que ela transmite, no recado que ela vai passar aos pacientes.

É preciso ter em mente que, quando usada corretamente, uma paleta de cores pode gerar resultados surpreendentes no visualizador, no caso, no paciente.

É fundamental saber que as cores utilizadas podem até começar na logomarca, mas não param por aí, elas devem ser estendidas para a clínica, ou consultório, uniformes, sites, redes sociais, material gráfico, enfim…

Ativos físicos da marca

Quando se trata de identidade visual, ao ativos físicos não podem ficar de fora. Para quem não sabe, ele são todos os objetos materiais da clínica ou consultório, os quais contribuem para a identidade visual da marca.

E estão na listinha também o layout e o design de uma clínica ou consultório, os uniformes que os funcionários que lidam com os pacientes usam, enfim, tudo que está no consultório.

O importante é saber que tudo ajuda a passar uma mensagem aos pacientes, até mesmo, a falta de um padrão.

Passo a passo para construir uma identidade visual para médicos

manual de identidade visual

Pronto, agora você já sabe a importância da identidade visual e que ela não deve ser subestimada, então, chegou a hora de conhecer o passo a passo de como criá-la. Confira!

1.    Saiba quem é seu público-alvo

Primeiramente, é preciso saber quem são seus pacientes, uma boa forma de definir seu público-alvo é respondendo as seguintes perguntas:

  • Qual é o seu público alvo? Homens, mulheres, crianças, jovens ou idosos?
  • Pretende criar a identidade visual para um hospital, clínica ou consultório médico?

É fundamental saber as respostas para, só então, partir para a criação da identidade visual para médicos. Dessa forma, será capaz  de escolher e direcionar melhor os elementos, gráficos, símbolos, paleta de cores, tipografia, os quais podem, e devem, ser escolhidos considerando tais fatores que devem variar de acordo com seu público-alvo.

2.   Invista emprofissionais especializados

Principalmente, quem não tem a menor intimidade com design, deve deixar essa parte de identidade visual nas mãos de um bom profissional, que vai saber direcionar melhor sua marca, de acordo com seus valores e objetivos

É preciso considerar todos os elementos que compõem uma identidade visual, o que requer uma certa experiência, garantindo a melhor escolha das cores, tipografia, ícones… considerando o ramo e o público-alvo.

Nesse sentido, vale apostar em plataformas já reconhecidas no mercado, como a DNA Marketing para Médicos.

3.  Acerte na escolha das Cores

Como já vimos, a cor é um dos elementos principais na hora de pensar na identidade visual de sua marca, e isso porque ela tem o poder de transmitir calma, paz, segurança, esperança, vida, alegria, saúde, mas também, agitação, tristeza, estresse, confusão, angústia, raiva, enfim, uma série de sentimentos e sensações.

Como o branco significa paz, limpeza, a verde calma, esperança, e o azul saúde, confiança, essas são as cores mais utilizadas na identidade visual para médicos, muito comum em hospitais, propiciando boas sensações aos pacientes.

4.   Aposte em uma Logomarca representativa

É preciso ter em mente que uma logomarca é muito mais do que um enfeite, ele é a representação gráfica de sua clínica, ou consultório, não só vai fazer parte da sua identidade visual, como também será o primeiro elemento a ser visto por quem busca o médico ou clínica.

Por isso, é fundamental considerar muitos fatores na hora de criar uma logomarca, utilizando símbolos que representem diretamente o seu trabalho, ramo ou especialidade.

E mais, todos os elementos da logomarca devem ser bem combinados e versáteis, o que vai facilitar na hora de aplicá-la em qualquer lugar, desde uniforme a itens de papelaria.

Sem dúvida, a logomarca é a porta de entrada de uma clínica ou consultório, por isso, deve ser criada por profissionais para que o resultado seja não apenas impactante e significativo, mas também, que seja de fácil associação à sua clínica, ou especialidade.

5.  Obedeça a um padrão

Como foi dito, a padronização remete à organização, profissionalismo, cuidado, e por isso, ter uma identidade visual padronizada, ajuda a fazer com que os pacientes se sintam mais ligados e capazes de associar diretamente essa identidade ao consultório.

Com certeza, investir em um mesmo padrão nos artigos de papelaria, ou em todos os ambientes (como espaço físico, sites, redes sociais, logotipo, receituário, etc), faz com que sua marca fique gravada na mente do paciente, ajudando a consolidar sua identidade visual.

6.  Invista em marketing e divulgação

E não basta investir em bons profissionais para criar uma boa identidade visual e pronto, é preciso que, após sua elaboração, arregaçar as mangas e aplicá-la!

Por isso, é fundamental investir em marketing e divulgação de sua clínica ou consultório, para isso, vale imprimir materiais contendo a sua identidade visual para médicos, fazer cartões de visita, utilizar seus símbolos e logotipo no seu site, redes sociais e email.

Acredite, se seguir esses passos, com certeza, sua marca vai ser descoberta e ficar gravada na mente dos pacientes.

7.   Aposte também em marketing digital

Embora o marketing digital esteja dentro do marketing tradicional, do qual falamos acima, é preciso entender que estamos vivendo na era digital, por isso, é fundamental saber trabalhar, muito bem, o marketing digital, dessa forma, sua visibilidade terá um alcance muito maior.

Para isso, faça uso das redes sociais, invista em conteúdos informativos e interativos, isso elevará o nome de sua marca, trazendo reconhecimento e autoridade junto aos seus pacientes.

Whatsapp para Médicos: 10 dicas para utilizar a ferramenta!

Whatsapp para médicos

Com o progresso da tecnologia nos últimos anos, os profissionais da área de saúde, encontraram novas maneiras de atender pacientes, como a prática da telemedicina e o uso do Whatsapp para médicos.

Atualmente, o Whatsapp para médicos, assim como outros profissionais da saúde, vem ganhando muito espaço.

Essa ferramenta pode ser um auxílio tanto para os médicos quanto para os pacientes, principalmente em meio a pandemia.

Sendo assim, o uso do app de mensagens como método de comunicação complementar, faz parte de uma modalidade recente chamada telemedicina.

Segundo dados de uma pesquisa realizada pela Associação Paulista de Medicina, 85,02% dos profissionais da saúde aprovam o uso de apps de mensagens com seus pacientes.

Quer entender o motivo dessa inovação ser tão importante hoje em dia e conhecer maneiras de utilizar o Whatsapp para médicos? Continue a leitura!

A Força da Telemedicina

A telemedicina foi permitida pela lei Nº 13.989, para que seja realizada a prestação de serviço médico à distância por meio de aplicativos que permitem videoconferências e trocas de mensagens durante a pandemia do novo Coronavírus.

Desse modo, os apps voltados à comunicação, como o Whatsapp para médicos, vem sendo um grande aliado para pessoas que não podem ir até o hospital, consultório ou clínicas médicas.

Nesse contexto, o Conselho Federal de Medicina (CFM), reconhece três tipos de atuação, inseridas na modalidade:

  • Teleorientação: torna possível que médicos, de forma remota, orientem as pessoas ou encaminhem pacientes em isolamento.
  • Telemonitoramento: permite que alguns fatores de saúde sejam acompanhados, à distância, sob supervisão médica.
  • Teleinterconsulta: troca de informações, apenas entre profissionais da saúde, com o intuito de auxiliar na conclusão de diagnósticos e métodos terapêuticos.

Assim, existem muitas formas de auxiliar, diagnosticar e acompanhar os pacientes a distância, garantindo a segurança tanto do profissional quanto do paciente.

Existe Limitação em Utilizar o Whatsapp para Médicos? 

Segundo o próprio Conselho Federal de Medicina (CFM), a utilização das redes sociais e outras plataformas de comunicação é permitida entre médicos e pacientes.

Porém, esse método de comunicação se faz muito eficaz entre médicos e médicos, tanto em grupo ou em caráter privado.

Contudo, é necessário manter a confidencialidade de todas as informações passadas, sem extrapolar os limites do grupo e envios para grupos recreativos, inclusive, se composto somente por médicos.

Assim sendo, o Conselho é favorável ao uso da rede social entre médicos, já que a internet faz parte da evolução humana. 

Ou seja, pode ser utilizada para encurtar distâncias, permitindo interações, inclusive, entre médicos e pacientes.

Como Utilizar o WhatsApp para Médicos?

Como já comentamos acima, o Whatsapp para médicos é uma ótima forma de comunicação com pacientes, assim como as redes sociais.

Porém, é importante ressaltar que a ferramenta só pode ser utilizada em pacientes que estejam realizando algum tipo de tratamento.

Ou seja, desde que ele já tenha passado por uma consulta médica com determinado profissional. 

Além disso, o uso de aplicativos de mensagens não poderá substituir uma consulta presencial.

De acordo com a CFM, é permitido conversas individuais entre médico e paciente, como em grupo.

Acima de tudo, é necessário respeitar as regras do sigilo médico. Assim sendo, não é permitido manter conversas profissionais em grupos com pessoas alheias.

Whatsapp para médicos

10 Dicas para Começar a Utilizar o Whatsapp para Médicos

O Whatsapp para médicos tornou-se mais dinâmico e ágil ao utilizar mensagens instantâneas, áudios, imagens e vídeos, transformando, assim, um app simples em um recurso completo.

Por isso, o aplicativo pode ser utilizado para diversas finalidades e já é amplamente empregado em várias estratégias de marketing digital para médicos.

Confira abaixo algumas dicas de como você pode utilizar o WhatsApp médico a seu favor:

1. WhatsApp Business

O WhatsApp Business é um aplicativo da ferramenta criado para atender às necessidades de pequenas empresas. 

Por isso, essa versão do aplicativo tem utilidades adicionais, em comparação ao app tradicional, como as respostas rápidas e a classificação de conversas por meio de etiquetas coloridas.

Como todo usuário do WhatsApp, a conta da sua clínica ou consultório médico também deve ter um perfil no aplicativo. 

A diferença é que, com o novo recurso, é possível acrescentar informações específicas e importantes da instituição, como:

  • Tipo de instituição;
  • Localização;
  • Link do site;
  • Descrição curta;
  • Endereço de e-mail.

A conta da sua clínica ou consultório médico estará listada como um perfil empresarial para todos os seus contatos. 

Desse modo, eles saberão que estão conversando com uma empresa e não com um perfil particular, transmitindo mais autoridade e credibilidade ao paciente.

2. Oriente por chamadas de voz ou vídeo

O Whatsapp para médico está sendo muito utilizado neste contexto de pandemia.

Já que pessoas que não apresentam os sintomas da Covid-19, mas precisam de direcionamento médico sobre casos mais simples, podem realizar chamadas de voz ou vídeo.

E o melhor, sem correr riscos de contaminação em hospitais e clínicas médicas.

Por meio da chamada de vídeo ou de voz, o médico pode avaliar a necessidade da consulta presencial ou, em casos realmente simples, orientar o paciente sem expor o indivíduo a uma possível contaminação.

Além disso, as videochamadas em grupo representam mais uma forma de manter contato com a sua equipe ou conversar sobre um caso com diferentes médicos.

3. Responda perguntas mais comuns rapidamente

Sabemos que o dia a dia de um médico pode ser bem agitado e com pouco tempo livre na agenda e acaba deixando de responder algumas pessoas.

Ainda mais quando a maioria são perguntas mais comuns de uma especialidade ou sobre algumas questões da Covid-19.

Por isso, para te ajudar a responder essas perguntas comuns, o Whatsapp para médicos conta com um recurso de respostas rápidas.

O profissional pode criar atalhos para mensagens que envia de maneira mais frequente e, até mesmo, criar uma lista dessas informações e organizá-las por meio de palavras-chave e frequência de uso.

Assim, os seus pacientes não ficaram sem respostas e você terá mais tempo e tranquilidade para as ações do dia a dia agitado.

4. Use etiquetas para classificar a ordem de atendimento

Ser organizado é fundamental para um profissional da saúde, principalmente dentro do cenário que enfrentamos e com todas as formas novas de atendimento, tanto presencial quanto online.

Portanto, esse recurso pode ser bem útil para você, por exemplo, na função de telemonitoramento.

O profissional de saúde pode usar as etiquetas de cores diferentes para estabelecer uma ordem dos acompanhamentos.

Outra ideia é aplicar cores específicas para cada tipo de caso ou relacionar cada tom a uma doença diferente.

Assim, você poderá utilizar as etiquetas da forma que achar melhor na organização diária de seus atendimentos.

Whatsapp para médicos

5. Indique quando está disponível

Essa funcionalidade do Whatsapp para médicos também é ótima para os dias mais corridos, onde responder mensagens não são uma prioridade.

Desse modo, é possível personalizar uma mensagem automática informando que você está ausente naquele momento e indicar o melhor horário para encontrar você disponível.

6. Informe seu horário de atendimento

Essa é uma forma de seus pacientes saberem os horários que podem entrar em contato com você.

Sabendo que ser um profissional da saúde às vezes faz com que as pessoas o procurem em horários um pouco inapropriados.

Sendo assim, essa funcionalidade pode auxiliar você a estipular o seu horário de atendimento e, até mesmo, sua localização, caso seja necessário uma consulta presencial.

Pode-se informar, também, eventuais alterações para atender a demandas urgentes.

7. Divulgue outros seus outros canais

Essa é uma das principais funcionalidades que o Whatsapp para médicos disponibiliza para que os pacientes conheçam mais você como profissional.

Aqui, você consegue colocar links para suas mídias sociais e até mesmo para seu site médico profissional.

Sendo assim, você poderá agregar mais conhecimento para seus pacientes, realizando posts com conteúdos sobre sua especialidade, tirando as principais dúvidas.

Caso você não tenha um site profissional, é essencial que contrate uma agência especializada, como a DNA Marketing para Médicos. Assim, sua autoridade e credibilidade online aumentarão.

8. Crie uma mensagem de saudação

Na mensagem de saudação, é possível incluir informações gerais para todos os seus contatos. Nela, também é possível indicar outras formas de contato com você.

9. Eduque seus pacientes

Outras funcionalidade que ajuda demais os pacientes e aumenta exponencialmente a confiança e autoridade com eles.

Você pode adicionar textos informativos, fotos e vídeos ao seu status. Dessa forma, é possível compartilhar dicas e outros conteúdos interessantes de prevenção.

Por isso, é importante ressaltar que ter um site profissional fará toda a diferença com essa função do Whatsapp para médicos.

Já que nele você poderá criar um blog e compartilhar com seus pacientes.

10. Envie mensagens para vários contatos

No Whatsapp para médicos é possível criar uma lista de transmissão com seus pacientes e enviar mensagens para várias pessoas de uma única vez.

Essa função pode ajudar a reforçar seus horários de atendimento, informações importantes sobre saúde ou sua especialidade e, até mesmo, informar de algum evento que você irá participar.

Desse modo, são diversas informações que você pode compartilhar com sua lista de transmissão.

Vale destacar que apenas quem salvou seu número na própria agenda receberá sua mensagem, em uma conversa individual, pela lista de transmissão.

Whatsapp para médicos

Agora é o momento de inovar, comece a utilizar o Whatsapp para médicos!

Neste conteúdo você pôde perceber a importância de estar constantemente atualizando-se com novas tecnologias que auxiliam no seu dia a dia corrido.

O Whatsapp para médicos é uma forma de otimizar a forma com que você nutre e atende seus pacientes.

Até mesmo, para ampliar sua rede de atendimento, pois utilizando as formas online, você conseguirá atender pessoas em outros estados.

Sendo assim, um site profissional também irá colocar seu profissional em outro patamar, trabalhando com técnicas de SEO para auxiliar o posicionamento orgânico você alcançará muitas pessoas.

 

Marketing Digital para Médicos: Como Bombar no Instagram

Marketing Digital para Médicos

Entre todos os canais de marketing digital para médicos disponíveis, atualmente um se destaca pela eficiência, baixo custo e fácil distribuição de conteúdo: o Instagram.

Cerca de 3,4 bilhões de pessoas utilizam as mídias sociais para compartilhar acontecimentos diários, conectar-se com amigos e familiares e ver informações relevantes.

Sendo assim, os profissionais da área de saúde podem – e devem – utilizar as redes sociais para encontrar novos pacientes e desenvolver estratégias de marketing digital para médicos.

No entanto, sabemos que ter presença no Instagram, gerar um conteúdo relevante e conquistar seguidores pode ser um grande desafio, além de gerar muitas dúvidas.

Por isso, preparamos esse material com várias dicas de marketing digital para médicos e bombar no Instagram. Confira!

Por Que Ter Presença Digital?

Ter presença digital hoje em dia deixou de ser uma opção e se tornou indispensável para o crescimento e desenvolvimento de seu consultório ou clínica médica.

Dessa forma, uma das formas mais eficazes de criar essa autoridade é utilizar técnicas de marketing digital para médicos em suas mídias sociais.

Essas plataformas podem ser usadas para diferentes objetivos, como:

  • Compartilhar informações relevantes;
  • Atrair novos pacientes;
  • Construir relacionamento mais próximo com os usuários;
  • Tornar-se referência em sua especialidade;
  • Promover a qualidade das informações sobre saúde disponíveis;
  • Direcionar tráfego para seu site e blog.

Essas são apenas algumas das várias vantagens que ter uma presença online atualizada e ativa pode oferecer.

Um ponto importante para que suas estratégias de marketing digital para médicos tenham grandes resultados é a criação de um site profissional.

Isso fará que os usuários tenham mais confiança e você terá mais autoridade em um mercado que está evoluindo cada vez mais.

Sendo assim, a visibilidade que as redes sociais proporciona é grande. 

Os custos das ações online são baixos e, com uma boa estratégia e execução, podem gerar retornos surpreendentes. 

Então, por que não investir?

Como se Destacar nas Redes Sociais com o Marketing Digital para Médicos

O compartilhamento de informações relevantes é uma das principais formas de se posicionar no mercado e quanto mais amigáveis, mais atraente será.

Então, raramente seus clientes leram um artigo muito científico, pois ele não entende essa linguagem e não conecta com a realidade dele.

Para atingi-los é necessário construir conteúdos de fácil entendimento, que sejam úteis e que estejam em um formato que seu público consuma.

Postagens em redes sociais combinadas com ações de marketing digital para médicos, por exemplo, são uma ótima forma de fazer isso.

Sendo assim, ao compartilhar informações úteis relacionadas à sua especialidade nas redes sociais de forma consistente, você se torna uma fonte relevante.

Por Que Usar o Instagram como Estratégia de Marketing Digital para Médicos?

Um dos principais pontos positivos do Instagram é ele ser gratuito, até mesmo se você optar por uma conta comercial.

Outro ótimo motivo, é que o Instagram conta com mais de 500 milhões de pessoas utilizando ativamente a plataforma, sendo que no Brasil, tenho 50 milhões de contas ativas.

Por isso, ao produzir um conteúdo interessante, será possível atrair não apenas pessoas que precisam de uma consulta hoje, mas também as que podem entrar em contato com você futuramente ou recomendar seu serviço.

Mais um ponto positivo está no potencial de engajamento do Instagram, ou melhor, no potencial de interação entre você e seus seguidores.

Por ser uma rede social com foco na permanência dentro do aplicativo, os recursos como comentários, encaminhamentos e mensagens são muito bem aproveitados.

Então, caso você não esteja presente no Instagram, está perdendo ótimas oportunidades de construir com o marketing digital para médicos sua marca e autoridade.

Marketing Digital para Médicos

Como Conseguir Resultado no Instagram com o Marketing Digital para Médicos

Agora que você já sabe da importância da presença digital e que o Instagram será um grande aliado, vale lembrar que apenas ter um perfil e posts não irá garantir sua autoridade.

É necessário ter algumas noções de marketing digital para médicos para entender como as pessoas se comportam.

Desse modo, é possível oferecer o que você sabe da melhor forma possível de modo a conquistar a audiência.

Saiba como ter um grande resultado no Instagram utilizando essas dicas essenciais:

Planeje o Conteúdo

Planejamento é tudo quando se faz uma estratégia de marketing digital para médicos.

Por isso, ao invés de fazer publicações aleatórias, sem informações relevantes, a qualquer hora do dia, monte um planejamento detalhado e ofereça conteúdos atrativos.

Se você é um pediatra, por exemplo, pode postar um conteúdo orientando os pais a tomarem cuidado com piscinas infantis, lembrando que o ideal seria tratar desse tema na temporada de calor.

Se é um dermatologista especialista em acne adulta, pode falar das possíveis causas e dos mitos para esse tipo de tratamento.

Sendo assim, a dica é unir a sua especialidade e o que as pessoas querem saber com uma linguagem que entendam e seja acessível para seu público.

Depois, pense nos temas de maior interesse, naquilo que você mais ouve no consultório, nas maiores dores dos pacientes.

O passo seguinte é transformar em informação, ou seja, em post no feed ou stories, escolhendo uma boa imagem ou vídeo que complementam a postagem.

Ao planejar o conteúdo, também é necessário identificar quais são os melhores horários parapostar.

Para isso, comece postando em horários diferentes e verifique através das informações da conta comercial quais posts têm mais alcance, mais curtidas e comentários. 

Em seguida, veja quando, em que dia e hora, ele foi postado.

Ao notar um padrão, por exemplo, no meio da tarde, agende posts no Instagram para este melhor horário que você identificou.

Planeje o Gerenciamento do seu Perfil

Mais uma vez vamos fazer um planejamento. Sim! É muito importante ter um ótimo planejamento quando falamos em estratégia de marketing digital para médicos.

O gerenciamento do seu perfil vai muito além de acompanhar quem te seguiu ou deixou de seguir, é necessário responder as pessoas que comentam e deixam mensagens diretas.

Todas elas esperam retorno, assim como aquelas que ligam ou vão até o seu consultório ou clínica.

Essas interações são essenciais para manter o seu público engajado e para que sua página passe credibilidade.

Sabemos que é comum que um médico não tenha tempo para responder todas as mensagens que recebe. 

Nesse caso, a solução é contar com quem possa responder, que pode ser a secretária ou até uma agência de comunicação.

Pense Regionalmente nas Ações de Marketing Digital para Médicos

Esse é um ponto que muitas vezes passa batido, a importância da regionalização nas ações de marketing digital médico.

A maioria das pessoas só estará disposta a ir em seu consultório se estiver na mesma cidade ou região, certo?

Por isso é tão importante mostrar para seus seguidores onde você está, para isso, é necessário colocar a cidade na bio do perfil, adicionar a localização do consultório nas postagens e segmentar bem por localidades próximas ao anunciar.

Caso esteja se perguntando, não é ruim ter seguidores que moram em outras cidades, afinal, essa é a consequência de quem posta excelente conteúdo e faça ações de marketing digital para médicos

Porém, deixar claro onde o consultório se localiza gera maior interesse de quem está na região e, quem sabe, marcar uma consulta.

Utilize a Automação para Acelerar o Crescimento do Perfil

Sabemos que médicos e outros profissionais da saúde têm um dia a dia bem corrido, com muitos pacientes, muitas responsabilidades e cuidados com o próprio consultório.

Então, como você encontrará tempo para postar no melhor horário? Como conseguirá interagir com seus seguidores e com outros perfis?

Hoje em dia é bem fácil resolver essas questões utilizando uma ferramenta de automação para redes sociais, com ela você conseguirá:

  • atrair mais seguidores segmentados que serão potenciais pacientes;
  • cadastrar mensagens automáticas para enviar aos seus seguidores;
  • agendar suas publicações e stories;
  • engajar com o seu público seguindo e curtindo;
  • analisar um dashboard com informações da sua conta.

Utilizando esse recurso de marketing digital para médicos, você terá mais tempo para tocar suas tarefas diárias, dar mais atenção aos seus pacientes e o resultado será mais seguidores e interação em sua mídia social.

Dicas Bônus: O Que Fazer e o Que Não Fazer nas Redes Sociais

Existe muita dúvida quanto à que postura adotar nas redes sociais, o que postar e com qual frequência fazê-lo. 

Por isso, separamos algumas dicas especiais sobre ações de marketing digital para médicos que vão te ajudar a não ficar perdido na hora de começar sua conta no Instagram.

Posts patrocinados

Os posts patrocinados são um grande auxílio para alcançar mais pessoas com perfil e regiões específicas.

Por isso, ao realizados tenha sua persona e público-alvo bem definidos para que não haja problemas no planejamento, principalmente, financeiro.

É muito mais fácil atingir um possível paciente com postagens patrocinadas do que simplesmente esperando ele encontrar seu perfil por acaso.

Tenha um perfil profissional

Já imaginou um potencial cliente ou até mesmo um paciente entrando em seu Instagram querendo saber mais sobre o seu profissional, especialidade e consultório e se depara com um fotos suas nas férias, na academia e família?

Não passa credibilidade para o cliente ter essas situações misturadas com seu profissional, principalmente na área de saúde.

Por isso, seu perfil profissional precisa ser separado do seu pessoal e conter informações relacionadas ao seu trabalho.

Seja profissional nesse perfil, coloque uma foto em que é possível te reconhecer, informe sua especialidade, para que você seja visto como referência e disponibilize um link para o seu site ou blog.

Caso não tenha um site profissional, o ideal é contratar uma empresa, como a DNA Marketing Médico, que crie um para você, com todas as informações necessárias para que se destaque mais ainda no mercado.

Ter um site é tão importante quanto uma conta no Instagram, além de passar mais credibilidade, você conseguirá criar um blog bem informativo e construir ainda mais sua autoridade sobre os assuntos.

Marketing Digital para Médicos

Faça posts simples, diretos e regulares

Para você conseguir captar a atenção dos usuários no Instagram o conteúdo precisa ser simples e direto.

Seja claro, objetivo e evite textos muito extensos, já que raramente as pessoas irão parar para ler o conteúdo.

Caso seja um assunto que você ache interessante para seu público, aprofunde-se nele em um blog post em seu site pessoal.

Além disso, planeje suas publicações e as faça com certa regularidade. 

Deixe seus seguidores saberem que haverá um constante compartilhamento de conteúdos interessantes  no seu perfil e que, por isso, vale a pena segui-lo.

Hora de Bombar no Instagram com Marketing Digital para Médicos

Agora que você já entendeu a importância de ter uma presença digital ativa e de autoridade que essa presença passar para seus potenciais clientes, chegou a hora de montar seu perfil profissional no Instagram! 

Como mostramos neste post, o Instagram irá te ajudar muito a se aproximar e manter um relacionamento com seus pacientes.

Assim como auxiliar a captar mais clientes e compartilhar informações úteis fazendo com que sua autoridade e credibilidade cresçam cada vez mais.

 

8 Diferentes Estratégias para um Bom Marketing Médico

Marketing Médico

O marketing médico sempre foi um ótimo aliado para se destacar em um mercado cada vez mais concorrido, fidelizar e captar mais clientes, independente do seu porte ou segmento de atuação.

Em um segmento como a área de saúde, que a concorrência é grande, investir em marketing médico deixou de ser uma opção e passou a ser fundamental.

Afinal, um marketing de qualidade permite que você seja um destaque no mercado, capta mais clientes e fideliza os que já tem.

Sendo assim, o segredo do sucesso é apostar nas estratégias e ações corretas para atingir os objetivos que você tanto almeja.

Não sabe por onde começar ou quais estratégias recorrer? Fique tranquilo, iremos te ajudar com esse post cheio de dicas. Confira!

Qual a Importância de Investir em Marketing Médico?

A competitividade do mercado cresce de maneira assustadora em todos os setores. Na área da saúde não é diferente. 

Quem investe em estratégias de marketing realmente efetivas que entregam resultados reais, se destaca dos concorrentes e conquista uma posição de destaque com muito mais facilidade.

É por isso que o marketing médico pode fazer toda a diferença para o seu negócio, desde impactar mais pessoas em sua área de atuação até fidelizar pacientes com mais facilidade e rapidez.

Para isso, é importante atender às necessidades e desejos dos pacientes de forma estratégica, sempre priorizando a entrega de valor e, mais do que nunca, a humanização. 

8 Dicas para uma Boa Estratégia de Marketing Médico

Uma ótima estratégia sempre começa com um planejamento detalhado e focado em alcançar seus objetivos.

Por isso, é imprescindível definir o perfil das pessoas que você quer atender no consultório, já que todas as ações serão voltadas para esse público específico.

A partir dessa definição, você irá conseguir atraí-lo, conquistá-los e fidelizá-los como pacientes. 

Então, a primeira ferramenta para uma boa estratégia de marketing médico é:

1. Definir Público-Alvo

Conhecer o perfil do paciente que você tem ou gostaria de ter é o princípio básico do marketing médico.

Sendo assim, é a primeira coisa que precisa ser bem definida, caso contrário, todo seu planejamento não trará o resultado esperado.

Realizar uma análise aprofundada sobre o seu público-alvo para iniciar as estratégias de marketing médico é fundamental para compreender bem para quem é o serviço que está sendo ofertado.

Para isso é necessário:

  • Conversar com seus pacientes: descubra idade, situação econômica, profissão, estado civil, se tem filhos, o que busca ao estar ali e outras informações que possam interessar para construir o ‘paciente ideal’;
  • Levante hipóteses: pense sem muito filtro que tipo de paciente você ficaria feliz em atender;
  • Pesquise, pesquise, pesquise: veja como os pacientes com o perfil esperado estão interagindo nas redes sociais, por exemplo.

Fora isso, é necessário dar uma atenção especial também à sua identidade visual, ao marketing de relacionamento, a criação do seu site, links patrocinados, ao uso de CTA’s, entre outras ações.

Bastante coisa, não é mesmo?

Por esse motivo, alguns médicos ou clínicas preferem ter a assessoria de especialistas para marketing médico para auxiliar com alguns pontos acima.

Mas, mesmo que esse seja o seu plano, é importante compreender um pouco mais sobre cada uma dessas ferramentas. 

2. Criar uma Identidade Visual

A identidade visual é de extrema importância e uma das primeiras coisas a ser analisada durante a construção da estratégia de marketing médico.

Ela deve despertar em quem a vê a sensação correta e deve transmitir os diferenciais e valores que se quer ter reconhecidos.

Um ponto que não pode ser deixado de lado é que sua identidade visual precisa estar presente em tudo relacionado ao seu trabalho como: redes sociais, receituário, cartão de visitas e afins.

3. Criar um Site para marketing médico

Ter um site próprio é sempre o melhor e mais profissional caminho que você deve seguir, já que a internet é a maior vitrine de divulgação do mundo.

Ao criar um site profissional, garanta que ele seja dinâmico, sempre atualizado, ter uma ótima arquitetura e usabilidade, ser otimizado com os padrões exigidos pelo Google e oferecer conteúdo de qualidade para seu usuário.

Além disso, ter um site profissional oferece diversas vantagens para você e sua estratégia de marketing médico, como:

  • Conquistar novos clientes;
  • Aumentar sua credibilidade e autoridade;
  • Transmitir uma imagem mais profissional;
  • Aumentar sua visibilidade dentro do mercado.

Uma dica muito importante para a criação de um site profissional é contar com o apoio de uma agência especializada, como a DNA Marketing Médico, que conta com uma equipe qualificada para te ajudar em todo o processo de criação.

Marketing Médico

4. Marketing de Conteúdo

É com os sites, conteúdos informativos e nas redes sociais que você consegue comprovar para as pessoas o seu conhecimento como profissional.

Sendo assim, desenvolve uma confiança maior com o usuário a ponto dele decidir agendar uma consulta em seu consultório.

Os conteúdos não são apenas sobre a formação dos profissionais ou a infraestrutura que você oferece, por mais importante que essas informações sejam.

O melhor é que seja mais abrangente e ofereça orientações sobre como saber se está na hora de consultar-se com um especialista, abordar os principais problemas e informar sobre outras dúvidas que as pessoas normalmente possuem relacionadas ao assunto.

5. Marketing de Relacionamento

O bem mais valioso para qualquer médico ou clínica são os relacionamentos que desenvolve com os pacientes, colaboradores, profissionais encaminhadores e parceiros, fornecedores e distribuidores. 

O capital de relacionamento é a soma do conhecimento, experiência e confiança que há perante as pessoas. 

Sendo assim, esse capital vale mais do que os ativos físicos e determinam o real valor do serviço.

Principalmente na área da saúde, em que o contato humano é a base de todos os serviços prestados, o marketing de relacionamento torna-se ainda mais importante. 

Por isso, ações como pesquisa e monitoramento de satisfação dos pacientes, programas de fidelização, pesquisa de clima organizacional, treinamento de atendimento para colaboradores e estratégias de fidelização, são excelentes maneiras de atuar no marketing de relacionamento.

Então, planeje como comprometer toda a equipe nisso, já que não apenas a experiência que o usuário terá com você no consultório é capaz de determinar sua fidelidade, mas a soma de todos os momentos.

Marketing Médico

6. Marketing Digital

Hoje em dia, as pessoas usam muito a internet para se informar, para pesquisar sobre o profissional e para ganhar mais autoridade.

Por isso, uma boa estratégia de marketing médico é tão importante. 

Ela é capaz de gerar credibilidade e alcançar, de forma certeira, seu público-alvo. 

Diferente do marketing convencional, no qual o investimento na produção de campanhas não têm um retorno preciso, o digital permite acompanhar o desenvolvimento das estratégias de maneira concreta.

Isso porque a internet torna possível criar um relacionamento com quem realmente está interessado pelo seu serviço.

 Assim, consegue-se elaborar ações focadas nos resultados esperados e obter estatísticas detalhadas, em tempo real. 

Uma das vantagens desse dinamismo é poder alterar a estratégia conforme a necessidade.

O marketing médico poderá levar seu negócio para outro patamar, basta ter um ótimo conhecimento do seu público e um planejamento bem detalhado.

7. Link Patrocinado para marketing médico

Os links patrocinados são um termo genérico utilizado pelo marketing médico para publicidade digital. 

Sabe os primeiros resultados que aparecem na busca do Google, aqueles que contêm uma tarja verde e a palavra “Anúncio” na frente do domínio do site? 

Esse é um exemplo de uma das principais formas de anúncio online, chamado Google Adwords. 

São anúncios pagos por clínicas ou profissionais que querem aparecer entre as primeiras opções de pesquisa do buscador quando a pessoa digita a palavra relacionada ao seu serviço.

Os links patrocinados complementam as estratégias de marketing médico, principalmente quando os esforços estão concentrados na conquista de novos pacientes. 

São um recurso viável do Google e outras mídias, como o Facebook, Instagram e o Youtube, para fortalecer a presença digital, ainda mais nos tempos atuais.

A eficácia dos links patrocinados é proporcional ao investimento que se faz. 

Mas, como assim? 

Bom, o tempo em que os links permanecem visíveis varia de acordo com o valor que se decide investir neles. 

Essa conta é simples: quanto maior o investimento, mais tempo o anúncio permanece no ar e maiores são as probabilidades de se obter retorno com ele.

O anúncio no Google ou em outros meios digitais pode promover o agendamento de consultas, assim como todas as outras estratégias sobre as quais discorremos acima. 

Mas, tão ou mais importante do que conquistar novos pacientes, é mantê-los. 

Portanto, o médico que quer um paciente qualificado, fidelizado e não deseja ter muita rotatividade no consultório, tem de pensar, também, no marketing de relacionamento.

8. E-mail marketing

Antes de mais nada, é importante ressaltar que essa estratégia de marketing médico não significa enviar mensagens aleatórias para seus pacientes ou leads.

O e-mail marketing deve ser visto como uma forma de conversão e fidelização. 

Isto é, ele serve como continuidade ao trabalho de nutrição que você já vem fazendo em outros canais de comunicação.

Em outras palavras, quando você cria um material rico, por exemplo, em que o usuário deixa o e-mail para poder ter acesso ao conteúdo, sua base de leads vai sendo criada. 

E, assim, é preciso elaborar e-mails que sejam interessantes para essas pessoas. 

Para isso, é necessário que tenham alguns gatilhos mentais para que continuem abrindo os e-mails e até mesmo, interagirem com você, por exemplo:

  • Mensagem de visualização prévia, que mostre um pouco do conteúdo;
  • Corpo do e-mail com conteúdo relevante;
  • Assunto que aguce a curiosidade para abrir o e-mail;
  • Inclusão de “botões” que direcionam para ações;
  • Ações bem específicas, como agende sua consulta.

Vale lembrar que e-mails podem fazer parte de campanhas, ou seja, uma série de mensagens que serão disparadas ao longo de determinado tempo, alimentando quem está na sua base.

E, claro, sua base mailing pode ser diferenciado, como os leads que estão no topo, no meio ou no fundo do funil. 

Ter a distinção disso é fundamental para o tipo de ação que você pede ao leitor.

Mas Afinal, Por Onde Começar a Fazer o Marketing Médico?

Neste conteúdo vimos que a importância de realizar o marketing médico é que você terá mais presença digital, atrairá mais clientes e terá mais autoridade no segmento.

Mas por onde começar?

Primeiro, você precisa conhecer todos os apontamentos do Conselho Federal de Medicina (CFM) relacionados à divulgação do trabalho do médico. 

Para garantir a credibilidade dos profissionais da saúde e a segurança dos pacientes. É importante conhecer as regras determinadas e segui-las. Faz parte da construção de um trabalho sério e incontestável.

Em segundo lugar, é necessário compreender que há diferenças entre o marketing médico e o marketing convencional. 

A principal delas é que o marketing médico não vê as pessoas como clientes, como acontece no marketing convencional. 

O marketing médico vê as pessoas como elas são: pacientes que têm questões a resolver e precisam solucioná-las, preferencialmente com uma assistência de qualidade e humanismo.

E por último, mas mas muito importante ponto, é a contratação de uma agência idônea para realizar com você as estratégias de marketing médico necessários.

Empresas como a DNA Marketing Médico, oferecem diversos serviços como criação de um site profissional, links patrocinados e técnicas de SEO que com certeza levarão seu negócio para outro patamar.

18 Dicas Para Destacar Seu Consultório Médico no Mercado

Como destacar seu consultório médico

Destacar seu consultório médico não serve apenas para atrair mais pacientes, mas auxilia na fidelização dos que você já possui e posicionar sua marca em um mercado cada vez mais competitivo.

Preocupar-se com marketing para consultório médico tem relação com os resultados do negócio.

Afinal, você quer atrair a atenção do público e conquistar mais pacientes, não é mesmo?

E este é apenas um requisito básico para seu consultório sobreviver frente a concorrência e evoluir no mercado.

Sendo assim, implementar estratégias e ações para ser um destaque torna-se um fator fundamental para o sucesso do seu empreendimento.

Por isso, separamos algumas dicas valiosas para você que está começando agora ou para quem já tem experiência. Continue lendo esse artigo.

Vale a pena investir em marketing para consultório médico?

Vale MUITO a pena!

Isso porque você poderá auxiliar muitas pessoas que buscam informações diretamente com um profissional.

Dessa forma, consegue criar uma relação mais “íntima” com o público, gerando mais confiança no seu trabalho e em seu consultório médico.

Assim os pacientes reagirão melhor aos tratamentos e soluções prescritas por você.

Além disso tudo, você conseguirá captar mais pacientes, terá um posicionamento com autoridade na sua área de especialidade e poderá encontrar oportunidades profissionais melhores.

Em qualquer segmento, realizar um investimento em marketing é essencial, não apenas para atrair atenção, mas para construir e consolidar sua imagem.

Para iniciar o trabalho de marketing para seu consultório médico, é importante traçar o seu objetivo com clareza.

Qual a importância do marketing para consultório médico?

Ao falarmos de marketing, já passa pela cabeça aqueles vendedores insistentes, que se preocupam apenas com a venda e não com a necessidade do cliente.

No entendo, o propósito do marketing vai muito além disso.

Pode-se dizer que essa estratégia não se limita a vendas, ela existe para conseguirmos entregar um serviço ou produto de qualidade aos clientes ideais, da melhor forma possível.

Wil Reynolds, um dos maiores nomes do marketing digital diz: ”A empresa que constrói seguidores fiéis possui um exército conquistado para promover seu conteúdo dia após dia.”

Essa é a importância do marketing para o consultório médico, você terá pacientes fiéis que irão compartilhar seu conteúdo e recomendá-lo.

Ou seja, com as estratégias corretas, você leva seu trabalho àqueles pacientes que já buscavam e necessitavam dele. 

Com isso, todos ganham: você, por meio da divulgação do seu trabalho e da conquista de mais clientes, e os pacientes, cujas necessidades serão atendidas. 

Viu como é importante utilizar o marketing para o crescimento do seu consultório médico? 

Além do mais, com boas práticas de marketing, você diminui bastante a taxa de faltas dos seus pacientes, pois eles serão mais fidelizados e conscientes da importância do retorno.

Os limites das divulgações

Antes de realizar qualquer ação de marketing para o seu consultório médico, é de extrema importância que consulte o Código de Ética Médica e a Resolução CFM Nº 1.974/2011.

Nesses dois documentos disponibilizados pela CFM (Conselho Federal de Medicina) você encontrará os critérios para a propaganda em Medicina.

É necessário seguir esses padrões estipulados pelo conselho, já que, a medicina lida com muitos dados sensíveis e é uma área que exige um cuidado maior em relação à publicidade.

Sendo assim, o CFM disponibilizou também um manual de publicidade médica com diversas recomendações e limites para as divulgações.

Separamos tópicos de ações proibidas pelo conselho mediante a divulgação de seu consultório médico, mesmo assim, indicamos que você leia o manual por completo. Veja a seguir:

  • Compartilhar informações que possam causar alardes sociais;
  • Promover resultados de tratamentos sem comprovação científica;
  • Divulgar fotos de pacientes (mesmo com autorização);
  • Produzir uma comunicação com tons sensacionalistas: “o melhor”, “o maior”, “o mais eficaz”;
  • Divulgar o preço dos atendimentos como forma de mostrar um diferencial;
  • Divulgar especialidades as quais você não possui;
  • Realizar propagandas enganosas;
  • Anunciar aparelhagens como forma de mostrar que o tratamento do seu consultório é superior;
  • Assegurar a garantia do resultado.

Agora que você já entendeu que existem algumas limitações, está na hora de seguir as dicas e aproveitar todo o potencial das estratégias de marketing para seu consultório médico.

Marketing para Consultório Médico

18 dicas para destacar seu consultório médico

Chegou o momento mais esperado! Como fazer para deixar seu consultório em destaque dentro desse mercado tão concorrido?

Juntamos aqui algumas dicas essenciais para que você alcance todos os objetivos estabelecidos. Acompanhe conosco!

1. Crie uma identidade visual para seu consultório médico

O primeiro ponto de destaque é a criação de uma identidade visual, para ficar em evidência é indispensável o investimento em sua marca.

É necessário transmitir força, seriedade e confiança para o consumidor, por ser um serviço que está diretamente relacionado com a saúde.

Sendo assim, você precisa transmitir essas sensações a partir de um slogan, no logo, no site, nas mídias sociais e, até mesmo, dentro do consultório.

Por isso é tão necessário o investimento na sua identidade visual!

“Ah, mas eu não entendo de design e marketing digital, como eu faço?”

Esse é um dos maiores questionamentos para quem vai iniciar essa criação. A melhor opção é contratar um profissional que entenda de identidade visual.

Mas você dará as diretrizes do projeto para que fortaleça o seu objetivo final.

Por exemplo, para o segmento médico é melhor utilizar cores mais suaves, como azul e verde claros. Elas passam a sensação de serenidade.

É importante evitar infantilismos, como decoração com animais, flores, cores rosa e amarelo. Com exceção de consultórios pediátricos.

Ao pensar em sua marca, faça uma escolha sensata e que represente os objetivos e a filosofia da sua empresa. 

Além disso, quanto mais memorável for, maiores serão as chances de seu cliente se lembrar e recomendá-la para familiares e conhecidos.

Outro ponto que não pode ficar de fora, é a personalização. 

Ou seja, todos os papéis, guias, receituários, pastas e envelopes precisam conter o logo do consultório, junto com o telefone, e-mail e outras formas de comunicação.

Esse é um jeito simples, porém eficaz, de garantir que o cliente se lembrará de você e ter mais praticidade para marcar as próximas consultas.

2. Invista em sua presença digital

Convenhamos, hoje em dia é difícil conhecer alguém sem o acesso à internet, não é mesmo?

Com o crescimento das novas tecnologias e a facilidade de se locomover com elas por meio de smartphones, tablets e notebook, muitas pessoas passam o dia conectadas.

Levando em consideração essa nova realidade, é essencial o investimento em sua presença no mundo digital.

Já que está mais que comprovado que por meio da internet é mais fácil de ser encontrado por novos clientes e nutrir os que já possui.

O ideal é que construa um site confiável, fácil de navegar, com sua identidade visual e relevante para seu consultório médico.

O site precisa ter informações como contato, localização, corpo clínico (com currículo, de preferência), as especialidades que atendem e um blog com dicas e informações de saúde.

As mídias sociais tem uma força enorme entre os consumidores, para divulgar seu trabalho, seu dia a dia e se comunicar com os clientes é uma ótima opção.

No entanto, não se esqueça do que falamos mais acima! Segundo o código de ética da profissão não é permitido ter informações sensacionalistas, enganosas ou que prometem resultados surreais, entre outras.

É importante ler, entender e seguir a lista de proibições. Assim, você não terá problemas com as divulgações e seus clientes confiarão sempre em seu consultório médico.

3. Tenha um site profissional para seu consultório médico

Como citamos brevemente no tópico anterior, ter um site profissional para seu consultório médico é fundamental para marcar sua presença digital.

Um site único, com sua identidade visual, agradável e informativo, gera grande credibilidade e confiança ao consumidor.

É por meio desse site que o público terá o primeiro contato com seu consultório médico. 

Por tanto, a experiência que o usuário tiver em seu site será o ponto que determinará se ele entrará em contato ou não.

Sendo assim, vale a pena investir em uma empresa que realize a criação e manutenção do seu site.

Apenas assim você terá a garantia de que estará funcionando corretamente e sempre atualizado.

4. Faça um blog no site 

O blog está sendo muito utilizado hoje em dia, principalmente para deixar o site mais completo.

Isso porque ele é um canal de conversas, troca de ideias, dicas e sugestões.

Dessa forma, seu consultório médico consegue estabelecer um contato com o usuário de maneira didática, direta e leve.

Além disso, você expõe informações de forma mais livre e com uma linguagem menos formal, podendo tirar dúvidas e trazer várias novidades.

Porém, o blog vai muito além de apenas manter um contato com o público, ele tem um papel importante na parte de otimização.

Por meio dele é possível aplicar as técnicas de SEO (Search Engine Optimization) e divulgar assuntos relevantes para ajudar o seu site ser facilmente encontrado.

Realizando uma ação bem detalhada e estruturada de SEO, você conseguirá ficar bem posicionado no Google.

E por quê isso é positivo?

Ele é o maior buscador da internet e se você está em destaque nele, principalmente de forma orgânica, sua credibilidade aumenta bastante com o consumidor.

Além de tudo isso, você estará em destaque na maior vitrine de divulgação do mundo.

Assim, o blog se torna uma ferramenta essencial para seu consultório médico virar destaque no mercado.

5. Elabore conteúdos de qualidade e informativos

Comentamos acima que o blog é uma das principais ferramentas para você ser um destaque no mercado.

E o conteúdo de qualidade é a peça fundamental para essa ferramenta funcionar corretamente.

Para você ter um diferencial que agregue valor em seu site, blog ou mídias sociais, é necessário oferecer conteúdos atrativos e de qualidade para seus pacientes.

A dica que damos é contratar uma agência especializada ou contratar um freelancer que entende do assunto e das técnicas de SEO.

Mesmo tendo alguns custos com esse investimento, pode ter certeza que o retorno será certo!

Oferecer conteúdos com base científica e que agregue informações relevantes para o público faz sua autoridade crescer e, consequentemente, conquistar mais pacientes.

Além de conteúdos para blog, você também pode oferecer e-books, infográficos, vídeos, webinars, lives e posts nas mídias sociais.

O consumidor busca por informações todos os dias, procure entender qual tipo de conteúdo o seu público alvo consome e ofereça à ele. 

Isso faz com que o paciente se sinta seguro para cuidar da própria saúde e entenda que seu consultório médico preocupa-se com ele. 

Como consequência, o índice de fidelização após adotar essas práticas tem tudo para ser elevado.

6. Invista em e-mail marketing com conteúdos relevantes

O e-mail marketing é outra forma de manter um contato constante com o público.

Você pode usar esse recurso para mostrar um conteúdo bacana que foi lançado no blog, alguma novidade do consultório médico, notícias, entre muitos outros.

Sendo assim, sempre invista em conteúdos relevantes, pois além de ser lembrado pelos seus pacientes, o e-mail marketing é uma forma de captar novos clientes.

7. Conheça e monitore a concorrência

Com o mercado de consultórios médicos crescendo cada vez mais, é muito importante ficar de olho na concorrência.

Saiba quais são as clínicas próximas a você, quais são os serviços que oferecem e qual o sucesso com a clientela.

Assim, caso estejam tendo bons resultados, pesquise quais tipos de ferramentas de marketing estão utilizando e aplique no seu também.

Essa forma é uma boa base para apostar em estratégias que sejam realmente efetivas.

8. Cadastre-se no Google Meu Negócio

Que o Google é a maior vitrine do mundo já não é mais novidade para ninguém e o Google Meu Negócio pode te ajudar muito a se destacar no mercado.

Essa ferramenta pode auxiliar a impulsionar o site da sua do seu consultório médico, basta criar uma conta, preencher os requisitos corretamente e pronto!

É interessante, também, incentivar seus pacientes a avaliar e deixar comentários, assim, sua autoridade e confiabilidade aumentam.

9. Acompanhe os resultados das estratégias

De todas as ações que pontuamos acima, essa é a mais importante.

De nada vale uma estratégia de marketing bem definida sem ter um acompanhamento correto dos resultados que ela está trazendo.

Apenas com essa supervisão, será possível validar se as ações realizadas foram positivas ou não para o seu consultório médico.

Dessa forma, faça a mensuração dos resultados e análise alguns pontos como:

  • Métricas das redes sociais (normalmente elas possuem um painel que resume para você como foi o resultado daquela dia, semana, mês.);
  • Verifique se houve aumento na sua base de clientes;
  • Analise se os números de atendimento evoluíram;
  • Veja se o número de retornos cresceram;
  • Verifique se houve indicações de outros pacientes;
  • Acompanhe as métricas do seu site e blog;
  • Pergunte para os clientes novos onde te encontraram (indicação, google, mídia social).

Esses dados são de extrema importância para o seu negócio, só assim você saberá onde está acertando e investir mais.

Da mesma forma entenderá o que não está funcionando para você e deixará de investir ou quais ações serão necessárias para ajustar esse ponto. 

10. Use WhatsApp para contatos rápidos

O Whatsapp deixou de ser apenas um aplicativo de bate papo e está se tornando uma ferramenta muito importante para os negócios.

Atualmente, a plataforma oferece a opção comercial, que permite inserir informações como descrição, endereço, horário de atendimento, e-mail e site.

Sendo assim, ela é bem eficaz para marcar exames, confirmar agendamentos e dar alguns avisos de forma rápida e prática.

Marketing para Consultório Médico

11. Conheça seus pacientes

Você sabe responder a essas perguntas: Quem são os seus pacientes? O que eles desejam? Como você pode ajudá-los? Qual o maior problema deles?

A resposta delas é o ponto de partida para começar qualquer estratégia de marketing para seu consultório médico.

Isso porque ao conhecer seus pacientes, você consegue descobrir quais os principais termos que costumam pesquisar sobre um problema, quais redes sociais utilizam, e até mesmo, como preferem ser atendidos.

Sendo assim, após coletar todas essas informações, é o momento de pensar em como você conseguirá agregar valor ao paciente antes dele chegar em seu consultório.

A partir desse pensamento, você conseguirá construir uma estratégia mais assertiva de marketing e se destacar dos demais.

12. Estabeleça um bom relacionamento com os pacientes

Uma das formas mais eficazes de conquistar mais clientes é pelo famoso “marketing boca a boca”.

Ou seja, quando um paciente é bem atendido por você e todos da clínica, é bem provável que ele indique para familiares e amigos. 

Dessa forma, é essencial prestar um ótimo atendimento e estabelecer um relacionamento que gere conforto e segurança ao paciente.

Entretanto, é indispensável que você realize um treinamento com toda sua equipe, para que estejam alinhados e compatíveis com a visão e missão do seu consultório médico.

13. Inovação e modernização do consultório médico

Atualmente o mundo tem passado por uma grande transformação digital, e, caso você não acompanhe, poderá ficar para trás!

Existem diversas ferramentas que podem potencializar e automatizar o trabalho de um profissional da saúde.

Sendo assim, essas tecnologias vão muito além de novos equipamentos. São os casos de softwares que auxiliam na gestão do consultório médico.

Além disso, você também tem a possibilidade de utilizar as plataformas de telemedicina e atender os pacientes sem precisarem sair de casa.

Por isso não tenha receio de inovar! Os pacientes se impressionam com a modernização de serviços, tornando seu consultório um destaque entre os concorrentes.

14. Ofereça um ambiente acolhedor em seu consultório médico

Oferecer um ambiente acolhedor para os pacientes faz com que a experiência em seu consultório seja diferente dos demais.

Cores, cheiros e sons nos causam sensações que podem ser positivas ou negativas, o que impacta diretamente na experiência com o seu serviço.

Sendo assim, um dos problemas mais comuns é o atraso no início do atendimento, fazendo com que o paciente passe mais tempo na sala de espera.

Então, para tornar esse momento mais tranquilo para ele, disponibilize alguns recursos como:

  • Internet Wi-Fi;
  • Assentos confortáveis;
  • Revistas, livros, jornais;
  • Área de entretenimento para crianças;
  • Bebidas e alimentos.

Assim, o paciente estará mais receptivo em relação ao atraso e a experiência que teve em seu consultório médico será bem mais agradável.

15. Invista em melhorias no atendimento

Mesmo com toda essa evolução tecnológica, o atendimento personalizado é um dos aspectos que mais influenciam o paciente.

Por isso, além de estabelecer padrões, capacitar e treinar os seus funcionários, procure investir em melhorias que otimizem o seu atendimento.

Dessa forma, as atendentes e até mesmo você, passarão a ter mais tempo disponível para se dedicar ao cliente.

16. Esteja sempre bem apresentável

A frase “A primeira impressão é a que fica” nunca foi tão importante.

Ter uma boa apresentação e uma postura profissional faz toda a diferença para o paciente ao entrar pela primeira vez no consultório médico.

Afinal, sentir-se confortável e confiar na pessoa que irá cuidar dele é tão importante quanto qualquer ação de marketing.

17. Seja pontual

Essa é a qualidade que realmente traz um diferencial para o profissional de saúde: a pontualidade.

Afinal, quando os pacientes marcam um horário, eles esperam que a consulta ocorra conforme agendado.

Ao ficar aguardando em razão de seu atraso, você passa ao paciente uma imagem negativa.

Sendo assim, ao ser pontual, você passa uma imagem de compromisso, de cuidado e atenção ao paciente.

Com certeza ele sairá com uma imagem positiva e indicará seus serviços a outras pessoas.

18. Dê total atenção ao paciente

Tratar bem o paciente é primordial.

A atenção, o respeito e a cordialidade com o paciente e seus familiares devem ser os requisitos principais de todo o atendimento em seu consultório médico.

Ao dar entrada na clínica, os pacientes necessitam de cuidados. É um momento delicado tanto física quanto emocionalmente.

E a experiência que ele passar irá despertar ou não o interesse dele e de sua família em voltar à clínica.

Hora de colocar os conhecimentos em prática!

Chegou o momento mais importante de toda essa leitura, colocar as estratégias e ações em prática!

Pesquise bem seus pacientes e concorrentes, avalie o atendimento da sua equipe durante o dia, faça uma auto avaliação e siga todas as dicas que demos aqui.

Para ajudar a alcançar todo o potencial de seu consultório médico conte com a DNA Marketing Médico.

Com o poio de uma equipe focada e bem estrutura para atender todas as suas necessidades em relação à ações de marketing digital.

Apenas assim, você conseguirá ser um destaque no mercado e o médico favorito dos pacientes!

Instagram Para Médicos – Como Obter Resultado?

Instagram Para Médicos – Como Obter Resultado?

A internet tem se tornado uma grande aliada nos dias de hoje. Ela pode ser usada para diversas finalidades, e esse é o ponto chave: definir o seu objetivo. Quem deseja divulgar o seu trabalho usando redes sociais, precisa ter o seu objetivo bem definido, bem como o seu público alvo.

Existem inúmeros canais pelos quais podemos divulgar o nosso trabalho. Dentre eles, um tem se destacado por diversos motivos. Trata-se do Instagram.

Nós sabemos que o mais importante no Instagram é ter um conteúdo de qualidade e atrair o maior número de seguidores possível. Sem a presença dessas pessoas, de nada adianta todo o esforço e dedicação. No entanto, relacionar um médico à uma rede social é, para muitas pessoas, um tanto estranho, pois associamos a figura de um profissional sério a uma ferramenta mais visual.

Porém, se olharmos para as funcionalidades do Instagram, veremos como ele pode ser extremamente útil para quem quer expandir o seu campo de abrangência e obter mais visibilidade para o seu trabalho.

Nesse post, falaremos, mais especificamente, para você que é médico e quer saber como usar essa ferramenta de marketing para obter resultados.

Importância do Instagram Para Médicos

O Instagram é hoje uma das ferramentas de marketing mais usadas por todos que desejam divulgar o seu serviço/produto. E o que o tornar tão bom é o fato de haverem milhões de pessoas, só no Brasil, dispostas a conhecer e seguir novos perfis. Além do mais, ele também é gratuito para todos os usuários, ainda que a conta usada seja comercial.

Ou seja, os médicos têm ao seu alcance uma das melhores ferramentas de marketing da atualidade, e não precisam pagar nada por ela. Na verdade, quem ainda não está no Instagram, certamente está perdendo excelentes oportunidades de atrair clientes e de construir uma relação de confiança com os mesmos.

Por meio do Instagram, o médico tem a possibilidade de atrair um número enorme de pessoas, que precisam no momento e que poderão precisar no futuro de uma consulta, desde que ofereça um conteúdo de qualidade. Além do mais, é uma forma bem interessante de o médico estar mais próximo dos seus pacientes, mesmo não estando no consultório.

Outro ponto positivo do Instagram, e que não deve ser deixado de lado, é a sua enorme possibilidade de engajamento, onde o médico pode interagir diretamente com o seu potencial cliente. Além dessas vantagens, o Instagram oferece muito mais. Confira abaixo:

• É usado por pessoas de todas as idades. Ou seja, certamente o público que o médico deseja alcançar é usuário do Instagram;

• O país está em 2º lugar no ranking dos países com maior investimento em anúncios na ferramenta;

• O Instagram é a 2º rede social mais usada no país;

• A principal forma de utilização é por plataforma mobile;

• É muito fácil de usar,

• Etc.

Instagram Para Médicos – Como Obter Resultados?

Antes de mais nada, é importante ressaltar que não basta ter um perfil no Instagram para conseguir atrair os seguidores. É preciso conhecer de marketing digital para conseguir usar essa ferramenta a seu favor.

Ouve-se muito falar em Marketing Digital atualmente. Mas, nem sempre, a gente sabe como usar e o grau de importância que essa estratégia tem.

Por isso, listamos abaixo como trabalhar o marketing digital para médicos obterem bons resultados no Instagram. Confira!

1º Passo: saber o tipo de conteúdo que o público procura e o momento em que ele precisa. Ou seja, busque falar de assuntos que interessem, de fato, ao seu público. E que ele está realmente precisando. Parece óbvio mas, se você quer atrair pacientes, você precisa saber o que eles estão buscando. Pense nas reclamações que você costuma ouvir nos consultórios, o que os seus pacientes mais reclamam de estar sentindo. O público quer ter informações relevantes, e que estejam diretamente relacionadas com a sua realidade.

2º Passo: após definir o assunto, planeje a sua publicação com antecedência. Elabore um conteúdo de qualidade e não faça publicação aleatória. Baseie-se nos assuntos levantados que o seu público está procurando naquele momento.

3º Passo: para um médico obter resultados no Instagram, ele precisa usar uma linguagem que todos consigam compreender, demonstrando que entende do assunto com propriedade, mas sem usar termos técnicos, pois isso pode afastar os seguidores. Tenha sempre uma linguagem acessível.

4º Passo: outra dica é identificar qual o melhor horário para realizar as suas postagens. Para isso, faça algumas postagens em horários diferentes, e vá acompanhando quais horários eles foram mais visualizados e a quantidade de curtidas e de comentários recebeu cada uma.

5º Passo: quando uma pessoa deixa um comentário ou uma pergunta, ela espera obter uma resposta, principalmente quando se trata de saúde, da mesma forma que acontece quando o paciente chega no consultório do médico com uma queixa. E, quando ele volta pra casa sem uma resposta, ele fica frustrado. Por isso, é muito importante responder aos questionamentos dos usuários.

O Instagram é um canal onde as pessoas precisam manter um contato com os outros. Não é apenas para postar e pronto. Todo conteúdo irá gerar dúvidas e comentários. O ideal é responder o maior número de perguntas possível.

Nem sempre é possível responder pessoalmente. E isso certamente irá acontecer. O ideal é que o próprio médico responda aos comentários. Porém, se não for possível, o que ele pode fazer para não deixar o usuário sem uma resposta, é delegar a tarefa para outra pessoa, que pode ser desde uma agência de comunicação, até a sua secretária. O mais importante é não deixar de gerenciar o seu perfil no Instagram.

6º Passo: para ir a uma clínica, a maioria das pessoas procura por alguma em sua cidade. Pode até acontecer de alguém estar disposto a ir um pouco mais longe mas, em geral, é mais comum procurarmos por clínicas na mesma cidade em que moramos. Por isso, é importante deixar bem claro para os seus seguidores o seu endereço, pois isso pode aumentar o interesse em marcar uma consulta. Para obter resultados, o médico deve pensar de forma regional, mas tendo a consciência de que a abrangência do seu conteúdo será bem maior.

7º Passo: o dia a dia de um médico não se resume somente ao Instagram e, nem sempre ele tem tempo de dedicar à essa ferramenta como deveria. Para ajudar no gerenciamento do perfil e contribuir para a obtenção de mais resultado no Instagram, uma dica é usar uma ferramenta de automação. Ela é capaz de realizar várias tarefas que, embora sejam simples, exigem bastante tempo.  Alguns exemplos dessas tarefas são:

• Seguir e curtir os comentários do público, mantendo um bom engajamento;

• Cadastrar mensagens automáticas que serão enviadas para os seguidores;

• Realizar o agendamento de stories e de publicações,

• E muito mais…

8º Passo: outra forma de atrair seguidores para o seu Instagram e obter mais resultados, é usando as #hashtags: saber usar corretamente essa ferramenta pode ajudar, e muito, o médico a atrair mais público. Basta verificar quais as hashtags mais publicadas e que tenham relação com o seu tema médico.

9º Passo: a criatividade é algo fundamental quando se trata de redes sociais, e do Instagram em especial, por ser a 2º ferramenta mais usada no Brasil nos dias atuais. Procure inserir imagens atrativas, interessantes, e coisas que consigam chamar a atenção do seguidor.

10º Passo: para potencializar a visibilidade das postagens, uma boa ideia é vincular o Instagram ao Facebook. Logo que postar no Instagram, você posta do Facebook também.

11º Passo: as ferramentas de edição de fotos também são muito bem-vindas. Nada como postar uma foto bonita. Fotos chamam muito a atenção. O próprio Instagram oferece alguns recursos para você editá-las.

12º Passo: outra dica legal é criar vídeos curtos, mas que tragam muitas informações importantes. Isso ajuda não só na compreensão do assunto abordado, como também cria uma espécie de vínculo com o público. Assim como as lives também são ótimas aliadas para atrair mais seguidores para o Instagram.

13º Passo: também é importante não deixar de publicar em datas comemorativas, em especial nas datas que estejam relacionadas com a área de atuação do médico. Demonstrando sensibilidade ao público.

Seguindo as dicas acima, o médico certamente conseguirá obter resultado com o Instagram. Tudo o que ele precisa é trabalhar bem o marketing digital, usando as estratégias certas.

Conselho Federal de Medicina e o Marketing Médico

O Conselho Federal de Medicina (CFM), estabelece algumas regras sobre publicações e exposição que valem para as redes sociais. Abaixo, listamos alguns exemplos de itens proibidos, e que os médicos devem observar. Confira!

• Anunciar alguma técnica exclusiva;

• Fazer a divulgação de novos equipamentos, ressaltando a capacidade do consultório;

• Oferecer aos usuários consultoria ao invés da consulta presencial,

• Expor algum paciente, ainda que o mesmo autorize, para divulgar algum método ou resultado alcançado com determinado tratamento,

• Dentre outros.

É fundamental observar todos os itens vetados antes de começar com as postagens, para evitar problemas judiciais. Para isso, consulte o site do Conselho Federal de Medicina e saiba tudo o que pode e o que não pode.

Médicos – O Que Postar no Instagram

Como dissemos mais acima, é importante seguir todas as diretrizes do CFM sobre o que postar ou não nas redes sociais. Abaixo, nós damos algumas sugestões do que pode ser bem interessante para o público. Acompanhe:

• Temas importantes: publique alertas sobre temas que tenham relevância para o seu público;

• Como ter uma vida saudável: dicas de alimentação, de hábitos saudáveis, como evitar futuros problemas de saúde, e etc.;

• Responder aos principais questionamentos que os pacientes levantam em seu consultório;

• Publique estudos atuais sobre tratamentos e medicamentos para os problemas de saúde mais relacionados com o seu campo de atuação,

• Aborde os assuntos atuais que estão aparecendo na mídia com frequência.

Algumas pessoas costumam se perguntar se é errado um médico divulgar fatos sobre a sua vida pessoal. Na verdade, não há nenhum problema se ele publicar um pouco do seu cotidiano, sobre a participação em cursos, congressos, palestras, dentre outros. Inclusive, é muito bom para aproximá-lo ainda mais do seu público e mostrar a sua evolução. Todas essas publicações podem ser feitas no Instagram Stories.

Benefícios do Instagram Para o Médico

O marketing digital, mais especificamente o Instagram, é uma ferramenta extremamente eficaz quando o assunto é divulgar um trabalho. De nada adianta você realizar grandes investimentos em infraestrutura, pessoal e etc., se não cuidar da divulgação.

O médico, assim como os demais profissionais, precisa que as pessoas conheçam o seu trabalho, a sua clínica ou consultório. E essa visibilidade pode ser alcançada com o uso do Instagram e das demais ferramentas de marketing digital.

O Instagram tem crescido de uma forma surpreendente. E, de acordo com especialistas, a sua utilização é capaz de trazer muitos benefícios para o médico, uma vez que as informações são propagadas rapidamente por ele. É por isso que, para ser encontrado por possíveis pacientes e se tornar uma referência no seu campo de atuação, o médico precisa estar no Instagram.

Como Cuidar do Perfil – Dicas Extras

Para o médico obter ainda mais resultados no Instagram, separamos abaixo algumas dicas simples, mas que podem ser bem interessantes:

• Nunca se deve compartilhar informações sigilosas dos prontuários dos pacientes;

• Jamais publique alvo de uma fonte que não seja confiável;

• Não consulte ninguém pelo Instagram. Os atendimentos devem ser realizados somente no consultório médico;

• Não publique imagens e fotos dos seus pacientes;

• O Instagram usa imagens, basicamente. Por isso, é mais conhecido como rede social de imagens. Publique as melhores fotos possível.

• Esteja sempre interagindo com os seus seguidores;

• A foto de perfil deve ser a melhor possível, cuide do jaleco e da iluminação. O ideal é que a foto passe o profissionalismo do médico,

• Use sempre #hashtags. Elas ajudam muito a aumentar a abrangência da publicação.

Para finalizar, para o médico que deseja usar o Instagram para obter mais resultados, mas não sabe muito bem como fazê-lo, a dica é contratar uma assessoria de profissionais especializados. Além de aprender como expandir o seu campo de abrangência, conquistando mais seguidores, ele terá a possibilidade de ampliar os seus conhecimentos sobre o assunto e aprender a usar a ferramenta na prática.

E, por fim, é só esperar para começar a colher os frutos do trabalho. Em pouco tempo, será possível obter bons resultados com o Instagram.

Como captar pacientes na medicina?

Como captar pacientes na medicina?

Cada vez mais vem crescendo o número de profissionais da área da medicina e a concorrência só aumenta. Sendo assim, é preciso prospectar os pacientes de maneira estratégica para atrair mais pacientes para seu consultório, clínica ou hospital e obter maior lucro para os seus negócios.

Além de captar novas pacientes, também é importante fidelizar os atuais, pois há uma que boa parte que vem através da indicação. Por isso, separamos neste artigo alguns tópicos que irão te ajudar a melhorar o planejamento estratégico e captar pacientes na medicina.

  • Fortaleça seu relacionamento com a base atual
  • Tenha um site e aumente sua presença digital
  • Invista na criação de conteúdo
  • Abuse do Google para captar pacientes
  • Use as redes sociais para aumentar o número de pacientes
  • Fique atento com a ética da medicina
  • Participe de eventos
  • Acompanhe a concorrência
  • Conheça seu público-alvo
  • Facilite que o paciente entre em contato online
  • A primeira impressão é a que fica

Fortaleça seu relacionamento com a base atual

Ter um bom relacionamento com os pacientes é primordial para garantir que o mesmo volte a ser consultado por você e indique seu nome caracterizando suas credenciais como um médico atencioso, confiável e excelente.

Dar a devida atenção e tratamento personalizado aos pacientes é uma das dicas para fortalecer a base atual. Ouvi-los com paciência e ser empático diante daquilo que o angustia e o faz sofrer, seja mensalmente ou fisicamente, é essencial para ganhar pontos e a confiança do paciente, que lembrará de você quando algum amigo ou parente quando precisar de um profissional com sua especialidade.

Faça parcerias com os profissionais de áreas correlatas a sua especialidade. Peça para que o médico parceiro te indique caso um paciente esteja em consulta, precise do seu serviço e vice-versa. Quando um profissional de confiança indica outro, será mais bem aceito caso o paciente precise de seu trabalho e não saiba em quem recorrer.

Além disso, indicações de pessoas na internet – avaliação de página da Internet – também servem de parâmetro para a avaliação e decisão da escolha do profissional. Por isso, é importante ser visto na internet.

Tenha um site e aumente sua presença digital

Para encontrar profissionais da saúde, as pessoas recorrem à Internet. Por isso, é preciso ter um site especializado, assim você aumentará as chances de aparecer nas buscas do futuro paciente.

Como o site é o primeiro meio de contato entre o médico e o paciente, é preciso ficar atento a alguns detalhes:

  • Deverá conter uma apresentação profissional sobre o médico. Vale também acrescentar fotos do corpo clínico, bem como das instalações, ou vídeo dos profissionais apresentando a clínica, consultório ou hospital,
  • apresentar os serviços prestados de forma simples e detalhada, mostrando os problemas e expectativas,
  • relacionar-se com o paciente de forma direta e humana, assim aumentará a confiança entre os dois,
  • informá-los os sintomas de doenças,
  • acrescentar os efeitos colaterais de um tratamento,
  • quais os exames que são solicitados para poder fazer determinado procedimento e etc.

Lembre-se que as pessoas procuram ser informadas e tranquilizadas, sobretudo em questões de saúde.

Invista na criação de conteúdo

Ter um conteúdo relevante com uma linguagem direcionada a cada tipo de paciente, que o ajudem a entender sobre o problemas de saúde, irá mostrar o seu profissionalismo e trará confiança para o futuro paciente.

Além disso, te posicionará em destaque na busca do Google, uma vez que as pessoas na maior parte das vezes recorrem à internet para descobrirem o diagnóstico dos sintomas. Contudo, ao fazerem pesquisas na web, seu nome, consultório, clínica ou hospital terá mais chances de aparecer na busca, resultando em um possível agendamento de consultas.

Utilize técnicas de SEO (Search Engine Optimization) – em português otimização para mecanismos de busca – é uma forma estratégica para melhorar seu posicionamento nos resultados da internet e se destacar diante dos vários sites do Google.

Para a aplicação da técnica, você deve escolher bem as palavras-chave nas quais o público usa nas buscas relacionadas ao serviço que você oferece e inseri-las em seu site ou blog. Com isso, você será encontrado com maior facilidade por centenas de pacientes que tem interesse em sua especialidade. Usar da tecnologia para prospecção de clientes é essencial para trazer resultados.

Abuse do Google para captar pacientes

Criar uma conta no Google Meu Negócio é primordial para manter seu funil de novas oportunidades de negócio sempre ativo. O Google Meu Negócio é uma plataforma gratuita, que vai permitir que o profissional apareça nas buscas ao ser procurado por palavras relacionadas à sua clínica, consultório ou hospital.

Com informações do site, endereço, horário de funcionamento, telefone e rotas para chegar ao local, o médico será apresentado para os usuários com as informações principais do seu negócio, de forma que facilite trazer os pacientes potenciais, e o resultado será o aumento de seus lucros.

Também é válido cadastrar-se em portais de busca de médicos como o Doctorália ou Boa Consulta. De forma gratuita ou pagando para aparecer em destaque nas buscas das plataformas, você será melhor encontrado pelos futuros clientes.

É interessante que você convide os pacientes a te avaliarem, produza conteúdos relevante e tire dúvidas para ser enxergado com mais credibilidade na internet e ficar em posição de destaque.

Além do Google, as páginas virtuais são uma maneira inteligente para fazer a divulgação de seus serviços e trazer conteúdos úteis para os leitores.

Use as redes sociais para aumentar o número de pacientes

Para prospectar clientes, o profissional deve estar onde as pessoas estão. Rede sociais como o Facebook, Instagram, YouTube, LinkedIn e WhatsApp criam um contato e interação mais rápida, aumentando sua reputação e visibilidade e deixando seu negócio mais próximo dos indivíduos. Assim, você construirá um bom relacionamento com os futuros pacientes.

Uma outra vantagem, é que lembrarão de você caso precisem de seus serviços. Então, por que não usar as redes sociais a seu favor?

Você pode começar compartilhando conteúdos de seu blog, trazer curiosidades, dicas de saúde, fazer postagens em datas comemorativas relacionado à área da saúde, compartilhar fotos, vídeos, além de trazer engajamento com o público, como responder comentários, inbox, fazer enquetes etc.

É preciso conhecer seu público e conseguir identificar a que período do dia eles costumar olhar e-mails ou redes sociais para que as ações tenham efeito mais assertivo.

Entendendo seu público e analisando em que meio midiático eles estão mais presentes, te ajudará a decidir quais páginas sociais será mais relevante para alavancar seus ganhos.

Outra prática que merece destaque é a ação de e-mail marketing. Mandar e-mails periodicamente com conteúdos trabalhados e com os interesses do público é outra dica assertiva para a prospecção e fidelização dos pacientes. Você pode incluir o link de seu blog de forma individual e personalizada, sugerindo que os pacientes repassem também para amigos ou familiares.

Ter um modelo de e-mail pronto, que será disparado após o atendimento, por exemplo, com o agradecimento pela vista, se dispondo à disposição em caso de complicações e pedindo recomendado é outra dica eficaz. A técnica de não pegar informações durante a consulta, respeita o momento do paciente, que ao final do atendimento pode estar apressado. Por isso, fazer o pedido no momento certo é muito importante.

Apesar da era digital ter trazido facilidade para os negócios, é preciso ficar atento em relação ao que é legal ou não na divulgação de informações.

Fique atento com a ética da medicina

Antes de criar o conteúdo do site, fique atento à ética da medicina e evite multas ou punições. É preciso informar-se sobre os limites impostos e proibições da conduta relacionado à área.

De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), um dos exemplos do que não é permitido é:

  • garantir resultados ou curas devido ao uso de determinada técnica exclusiva,
  • utilizar imagens de pacientes em “antes e depois”
  • divulgar o preço de consultas em qualquer anúncio, esta informação deve ser dada ao potencial paciente quando for solicitada.
  • usar termos como “resultado garantido”, “o melhor”, “o mais eficiente”, “o único capacitado” ou outras palavras sensacionalistas similares vai contra a ética da medicina. Esta expressão pode caracterizar em propaganda enganosa,
  • divulgar aparelhos tecnológicos como forma de mostrar-se superior em relação à concorrência é proibido. É permitido apenas citar a chegada ou obtenção de equipamentos,

Portanto, deve-se sempre procurar o CFM ou órgão responsável por sua especialidade para saber ao certo tudo o que pode e não de acordo com a ética da medicina.

Participe de eventos

A famosa frase “quem não é visto não é lembrado”, é bem verdade. Ser visto em eventos, pode trazer mais pacientes para o seu negócio. Participar de congressos, feiras, seminários ou dar palestras é um ponto positivo.

Com esta prática, além de passar maior confiança para os consumidores é um bom momento para fazer a divulgação de seus serviços.

Uma outra técnica é pegar o contato do lead, por meio de sorteio no evento mesmo, e mandar e-mail marketing ou até mesmo pedir para que te sigam nas redes sociais. Assim, o prospect se lembrará de você quando precisar de seu trabalho.

O cartão de visita será um grande aliado nesta estratégia, portanto é bom providenciar antes.

Acompanhe a concorrência

Avaliar o trabalho de concorrentes te ajudará a destacar-se no mercado. Por isso, é bom ficar de olho em quais os valores cobrados por eles, reputação e aproveitar do marketing de conteúdo para acrescentar dicas que os demais não tenham.

Conheça seu público-alvo

Conhecer o seu público alvo é primordial para traçar planos estratégicos e atingi-los de forma eficiente.

Os pontos que devem ser analisados é se você atende mais mulheres ou homens, qual a faixa etária do público, entre outros aspectos. Isso, te direcionará a usar do marketing certo para atrair seu público.

Vamos usar um exemplo: um ginecologista terá menos eficiência se divulgar seus serviços em um canal ou revista de esportes. Portanto, é necessário segmentar o direcionamento e não ir “atirando” para todos os lados.

Além de direcionar o público que irá usufruir do seu serviço, é preciso ser facilmente encontrado por eles.

Facilite que o paciente entre em contato online

É importante que o paciente saiba como entrar em contato com você. Dar a opção ao público de poder tirar as dúvidas ou agendar consultas online é um grande diferencial.

De forma intuitiva e de fácil navegação, é bom dar as mais variadas opções e facilitar a maneira de contato como oferecendo chat, telefones, e-mail, formulário, disponibilizar sua agenda virtualmente, entre outros. Esses fatores resultarão em uma experiência positiva e você ganhará pontos no primeiro contato.

A primeira impressão é a que fica

A primeira experiência do relacionamento médico e paciente começa desde o contato nas redes sociais, site ou simpatia, cordialidade e esclarecimentos da recepcionista.

Por isso, para se destacar da concorrência você deve dar um atendimento pré e pós que encante o público. Confira abaixo algumas dicas:

  • algumas das práticas que devem ser adotadas é responder o paciente instantaneamente, não deve deixá-lo sem resposta por mais de dez minutos,
  • vale também, enviar um dia antes lembretes com o horário da consulta agendada de forma cordial e atenciosa,
  • envie pesquisa de satisfação após o atendimento para que os pacientes avaliem o atendimento e para que você tenha uma melhor visão dos aspectos que devem ser melhorados.

Dar um atendimento personalizado fará sua clínica, consultório ou hospital se destacar, uma vez que os pacientes estão cada vez mais exigentes.

Conseguir ajustar o funil de novas oportunidades de negócios não é tarefa fácil. É necessário muita dedicação e persistência.

Contudo, para obter sucesso na prospecção de pacientes é essencial que você busque o público qualificado, seguido de retê-los a longo prazo. A partir das dicas que separamos, você será capaz de captar pacientes na medicina por meio de técnicas de marketing e planejamento estratégico.

Site para Médicos: o que não pode faltar para ter um site profissional?

Site para Médicos: o que não pode faltar para ter um site profissional?

Para os médicos, criar um site para apresentar o seu trabalho pode ser um novo modo de captar novos pacientes e de fidelizar os antigos. Neste artigo, você verá tudo que não pode faltar para ter um site médico profissional.

É realmente necessário um site para médicos?

Muitos médicos questionam sobre a real necessidade de ter ou não um site. O “ser necessário” discutido aqui não é algo a ser aplicado como via de regra geral, pois há médicos que não precisam conquistar um público pela internet, porém sempre é bom ter um site para você considerar seu “espaço” na internet, que vai reunir todas as informações sobre você.

Há médicos que, por estarem em início de carreira, não conquistam muitos pacientes de uma hora para outra, e é aí que surge a internet, como um excelente canal de comunicação para conquistar novos pacientes.

Atualmente, segundo pesquisas, mais de 90% das pessoas pesquisam antes de comprar um produto ou serviço. Isso significa que, antes de se consultar com um médico, elas querem saber que tipo de profissional ele é. Se é recomendado para tratar dos seus problemas em específico, se tem experiência, se tem uma postura simpática, preocupada e agradável, dentre outras coisas. Poucas pessoas entram em um site e, sem pesquisar, já marcam a consulta. É um tiro no escuro, é algo arriscado. Por esse mesmo motivo, vale a pena investir em um site profissional para demonstrar o seu profissionalismo e cativar o público.

Qual é o perfil do seu site?

Um site para médicos pode ser uma landing page ou pode ser um website mais completo, a depender da preferência do profissional.

A landing page, como o próprio nome já diz, é uma página de destino ou de aterrissagem. É uma página com um objetivo específico, geralmente com foco em conversão, como por exemplo, preencher um formulário de contato.

Esse tipo de página geralmente tem um valor mais acessível, por ter menos informações, mas pode ser mais indicada para quando está começando ou quando você quer colocar todos os seus esforços para uma tarefa específica.

Os sites mais completos, por outro lado, contêm mais informações e mais páginas sobre o médico ou clínica. Isso ajuda a agregar “valor” na imagem do médico. É muito interessante utilizar este modelo de página, quando o objetivo também é posicionar o site nas primeiras colocações do Google.

A importância do marketing

Usar técnicas de marketing é definitivamente importante na hora de criar o seu site para médicos. É essa ferramenta que faz com que o profissional entre em contato com o paciente ou que o paciente encontre o site e se interesse pelo conteúdo, dependendo da estratégia a ser utilizada.

Há várias técnicas que podem ser utilizadas, como:

-Marketing de conteúdo, que é produzir conteúdo relevante no site, algo específico para seu público-alvo, pois uma abordagem direcionada é muito mais eficiente do que algo generalista.

-Call-to-action, ou seja, as chamadas para a ação, são extremamente necessárias, pois convidam o visitante a preencher um formulário, a entregar seu contato, a marcar uma consulta com o profissional, e por aí vai.

-Copywriting, são técnicas de escrita com uma linguagem mais persuasiva que:

  1. Faz com que o leitor se sinta compreendido, que sua demanda seja validada;
  2. Faz com que o leitor perceba que o site pode ajudá-lo a resolver o problema.

-Uso de imagens, escolher com muita assertividade para transmitir a mensagem que você quer passar com elas. As imagens escolhidas não podem ser quaisquer umas. É preciso escolher imagens que caracterizem bem o que você quer passar no texto e que se encontram em uma qualidade boa. Quando for escolher uma imagem, certifique-se de que a mesma foi retirada de um “banco de imagem” gratuito ou pago, que seja livre de direitos autorais, ou seja, você pode utilizar as imagens sem correr o risco de ser processado por utiliza a mesma indevidamente.

Design limpo e velocidade

Esses dois pontos também são muito importantes na criação de um site, sobretudo um site feito para conquistar o público. É preciso ter um design limpo e intuitivo, de forma que seja fácil para qualquer cliente encontrar o conteúdo que procura. Além disso, é importante que o site não seja lento. A velocidade é muito importante, a fim de diminuir as chances de o visitante desistir do site sem nem mesmo conhecer sua proposta e ir, por conta disso, buscar um concorrente na internet.

Uma solução de velocidade que ajuda em diversos casos é obtida através de programas ou serviços de internet. Gratuitamente, tem-se o PageSpeed Insights, da Google, que encontra os itens que sobrecarregam a página e oferece soluções para consertar os problemas de velocidade. Não precisa pagar nada, e é de qualidade. Para acessar o serviço, basta entrar em https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/?hl=pt-br. É legal você inserir seu site e ver qual a velocidade dele; vá em frente, faça um teste.

Otimização para dispositivos móveis

Uma implementação tão importante quanto a do tópico anterior é a otimização para dispositivos móveis. As pessoas tendem a usar os desktops e notebooks em casa, em ambientes fechados, mas muita gente passa o dia fora e utiliza, por conta disso, o celular para pesquisas.

É estimado que, desde 2016, cerca de 60% do tráfego venha de dispositivos móveis, o que ultrapassa a porcentagem de computadores. Isso significa que aproximadamente 60% dos usuários que acessam a internet o fazem através de dispositivos móveis, como smartphones ou tablets, e é por isso que não se pode ignorar a quantidade de clientes que se perde ao não otimizar um site para dispositivos móveis.

Criar um design específico para dispositivos móveis, ou seja, um design que seja diferente do design para computadores, é um diferencial que aumenta as chances de sucesso. Você pode entrar no link https://search.google.com/test/mobile-friendly, digitar o endereço da url e verificar se o site está otimizado para dispositivos móveis, ou mesmo, se preferir, criar um site por uma plataforma que permita o design específico para smartphones e tablets.

A importância do domínio

Agora que você começou a pensar no que um site médico tem que ter para fazer sucesso, é preciso pensar nas muitas particularidades do site. Em primeiro lugar, é importante pensar no domínio, no endereço do site, por exemplo: https://www.drjoaohenrique.com.br. O endereço precisa ser simples e de fácil memorização, assim, mesmo que não apareça nos primeiros resultados do Google, o cliente conseguirá acessar em uma segunda visita ao site, pois se lembrará do nome.

Conteúdo no Site

Ter um bom site médico vai muito além da criação. É preciso ter disciplina para atualizá-lo com alguma frequência, colocando conteúdos novos. Conteúdos que sejam de interesse do seu público, não termos técnicos ou de pesquisas acadêmicas. O seu paciente quer solucionar os problemas deles e não estudar sobre o assunto. Uma dica legal é fazer um levantamento das principais demandas que seus pacientes trazem e escrever conteúdo sobre elas.

Além de ser bastante atrativo para o paciente que visita o site, ter um excelente conteúdo, e de preferência original, é essencial para conseguir ranquear melhor na pesquisa do Google.

WhatsApp em um site médico?

Nada melhor do que facilitar ao máximo para o paciente entrar em contato, e instalar o botão do WhatsApp pode ser de grande valia para você.

Antigamente, o paciente preenchia formulário de contato no site ou enviava e-mail, porém, atualmente na maior parte das vezes  o paciente ou liga ou envia uma mensagem através do WhatsApp. Hoje em dia, trabalhar utilizando o WhatsApp para se comunicar com os pacientes é um up.

SEO – Otimização do Site para o Google

Para posicionar um site no Google, além de ter um excelente conteúdo como comentado acima, segundo o Google há mais de 200 fatores que pesam no ranqueamento de um site, dentre eles: título principal do site, uma descrição bem-feita, imagens compactas, velocidade de carregamento do site, o site estar um servidor rápido e confiável, ter links direcionando para o site e ter links apontando para fora do site, por exemplo

Analise os seus resultados

Por fim, para saber se você está fazendo tudo corretamente, é importante utilizar alguma ferramenta para recolher os resultados obtidos com o website on-line. Há vários mecanismos que auxiliam nessa tarefa, e o mais conhecido é o Google Analytics. Através dele, é possível saber quais são as páginas mais acessadas do site, o tempo de acesso de cada usuário e outras informações de grande importância.

Através das análises pela ferramenta da Google, é possível descobrir o que no site não está funcionando e o que está fazendo sucesso. A partir disso, é possível promover melhorias em toda a estrutura do site, acrescentando, removendo ou modificando conteúdo.

Nesses casos, pode ser preciso a ajuda de alguém especializado no Google Analytics, caso você não tenha tanto conhecimento na ferramenta. O mais importante, que você deve ter em mente ao criar um site, é focar nos resultados, sem abandonar as características inerentes que o site possui.

Procure ajuda para desenvolver seu site

O trabalho de criar e prover a manutenção do site médico pode ser bastante complicado para uma pessoa fazer sozinha. Assim, é interessante que ela procure ajuda em alguma agência especializada no assunto para que nada dê errado. Desta forma, é possível criar um site seguro, rápido e bem-desenvolvido, a fim de que ele consiga satisfazer às necessidades dos clientes.

Muitas pessoas pensam que, pelo fato de haver muitos tutoriais na internet, criar um site comercial, sedo médico ou não, não é uma tarefa muito difícil. De fato, alguns desses casos conseguem se sobressair criando sites inovadores e que funcionam muito bem. Mas na maioria das vezes não acontece dessa forma.

Desta forma, o ideal é buscar uma empresa especializada para desenvolver o seu site profissional que esteja à sua altura. Não vale a pena economizar e acabar criando um site que poderá pesar negativamente a sua imagem.

Conclusão

Ter um site de sucesso pode, sim, dar algum trabalho, mas os resultados podem ser muito gratificantes. É importante interagir com o público, respondendo dúvidas e agradecendo elogios, e inclusive escrevendo artigos que antecipam as dúvidas do público. Através de todos esses pontos que apresentamos neste artigo, é possível criar um site de qualidade, rápido, de bom alcance e líder no mercado.

Se você gostou do artigo, comente, para que possamos saber da sua opinião, e adicione o site à sua lista de favoritos. Aqui, você encontra mais textos como esse para melhorar a qualidade do seu site para médicos, tornando-o expressamente profissional.

Obrigado por ler o artigo até aqui e até mais!

Interessado(a) em

Agendar Mais Consultas?

Preencha o formulário​ abaixo e Agende uma Demonstração e saiba como podemos te ajudar a trazer mais pacientes consistentemente

× Chat WhatsApp